Brasil

Energia elétrica fica mais cara em julho com acionamento da bandeira amarela

Pela primeira vez em mais de dois anos, brasileiros enfrentarão um aumento nas tarifas de energia.

Após 26 meses de tarifas estáveis sob a bandeira verde, os brasileiros se deparam com uma mudança significativa: o acionamento da bandeira amarela para o mês de julho. Este acionamento representa um aumento de R$ 1,88 a cada 100 kilowatt-hora consumidos, impactando diretamente o custo da energia elétrica para famílias e empresas.

Consumidores não terão cobrança extra na conta de luz em setembro, mantida bandeira verde pela Aneel
(pixabay.com)

A decisão, anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), é atribuída a uma combinação de fatores climáticos adversos. A previsão de chuvas abaixo da média para o segundo semestre e temperaturas mais altas do que o normal no inverno são as principais causas desse aumento. Essas condições climáticas reduzem a capacidade das hidrelétricas e levam ao acionamento das usinas termelétricas, que possuem um custo operacional mais elevado.

A Aneel ressalta que o sistema de bandeiras tarifárias tem como objetivo não apenas ajustar os custos de operação do sistema elétrico, mas também incentivar o consumidor a adotar hábitos de consumo mais eficientes. Com a bandeira amarela, espera-se que os consumidores se tornem mais conscientes do seu consumo de energia, contribuindo para a redução da necessidade de acionar as termelétricas.

Siga nosso canal no Whatsapp

5 1 vote
Avaliar artigo
Se inscrever
Notificar de
Os comentários são de responsabilidades de seus autores e não representa a opinião deste site.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
0
Está gostando do conteúdo? Comente!x
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios