Leão de Ouro em Veneza consagra Nomadland

Drama é dirigido pela cineasta Chloé Zhao
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Cena de “Nomadland”, drama sobre uma mulher que transforma sua van em casa e cai na estrada em busca de bicos

O drama americano Nomadland, da diretora Chloé Zhao, ganhou neste sábado (12/09) o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza. A cineasta nascida na China é a primeira mulher a conquistar o prêmio mais importante da competição em uma década.

O filme, estrelado pela ganhadora do Oscar Frances McDormand, conta a história de uma viúva de 60 anos que transforma sua van em residência móvel e cai na estrada em busca de bicos e empregos sazonais ao longo do caminho.

Baseado no livro homônimo de Jessica Bruder, o filme se concentra na jornada da protagonista Fern para ilustrar outras histórias de trabalhadores nômades nos Estados Unidos, que circulam o país em busca de oportunidades e meios de sobrevivência.

Zhao e McDormand apareceram em vídeo a partir dos Estados Unidos para receber o prêmio, uma vez que as restrições de viagem impostas em meio à pandemia de coronavírus dificultaram o acesso de muitos cineastas e atores de Hollywood à ilha italiana de Lido.

“Muito obrigada por nos deixar vir para o seu festival neste mundo estranho e desta maneira estranha”, afirmou McDormand, da Califórnia, a um público de máscaras em Veneza, enquanto a equipe italiana de marketing recebia o prêmio pessoalmente.

“Estamos realmente felizes por vocês nos deixarem vir! E nos veremos na estrada!”, disseram as duas em uníssono, citando uma saudação usada pelos moradores de vans no filme.

Zhao, de 38 anos, recebe o Leão de Ouro num ano em que quase metade dos filmes da competição principal foram dirigidos por mulheres. Antes dela, a última cineasta a levar o prêmio máximo havia sido Sofia Coppola, em 2010, com o filme Um lugar qualquer.

O Grande Prêmio do Júri, o segundo mais importante do Festival de Veneza, ficou neste ano com New order, do mexicano Michel Franco.

O júri liderado pela atriz australiana Cate Blanchett ainda concedeu o Leão de Prata de melhor diretor para o japonês Kiyoshi Kurosawa, pelo filme Wife of a spy.

Dear comrades, do veterano diretor russo Andrei Konchalovsky e baseado em histórias reais, foi honrado com o prêmio especial do júri.

O prêmio de melhor atriz foi para a britânica Vanessa Kirby, por seu papel em Pieces of a woman, de Kornel Mundruczo, e o de melhor ator, para o italiano Pierfrancesco Favino, que estrela Padrenostro, de Claudio Noce.

O Festival de Veneza – que normalmente reúne mais de 10 mil pessoas, entre executivos da indústria cinematográfica, críticos de cinema, jornalistas e cinéfilos – foi a primeira grande competição internacional de cinema a ocorrer em meio à pandemia de coronavírus, depois de várias outras ao redor do mundo, incluindo o Festival de Cannes, terem sido canceladas.

O diretor do festival, Alberto Barbera, chamou o evento de “uma espécie de teste” para a indústria cinematográfica global, que está lentamente recuperando seu equilíbrio, com algumas retomadas de produção e reabertura de salas de cinema.

Na Itália, o festival também foi visto como um sinal de esperança e normalidade para o primeiro país da Europa a ser duramente atingido pela crise global da covid-19.

A edição de 2020, contudo, foi reduzida, com cerca de metade do número habitual de pessoas presentes, menos filmes participantes e menos assentos disponíveis ao público, que sentaram dispersos para respeitar o distanciamento social.

Máscaras eram obrigatórias, havia desinfetantes para as mãos em abundância, as temperaturas do público eram medidas na entrada do local do festival, e placas vermelhas alertavam os participantes para que respeitassem as medidas anticoronavírus.

EK/afp/rtr/ap

Por Deutsche Welle

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país