Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Ciclos de debate discutem futuro da Cultura

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura realizará, entre hoje (9) e 13 de junho, o ciclo de “Diálogos Cultura Presente- Pensamentos sobre o futuro das artes”. As discussões, online e abertas à população, conta com a participação de artistas como Lázaro Ramos, Tom Zé e Teresa Cristina, além do médico Dráuzio Varella.

Lázaro Ramos será um dos mediadores das mesas. Na foto, ator interpreta Martin Luther King (Arquivo/Juliana Hilal/Divulgação)

O objetivo é indicar os caminhos para as manifestações artísticas no período pós-quarentena, tendo em vista que o setor cultural está sendo um dos mais atingidos pela pandemia do covid-19.

As conversas serão realizadas pela plataforma Zoom, com inscrição para até 500 pessoas por mesa, e disponibilizadas também via Youtube e Facebook da Secretaria Municipal de Cultura. 

A abertura, no dia 9, ocorre a partir das 17h com a presença do secretário municipal de cultura, Hugo Possolo. Até o dia 13, serão dois debates por dia, com temas que variam entre “Gestão cultural diante da crise”, “O futuro dos grandes eventos”, “O lugar do artista” e “Novo convívio social: perspectivas no contexto das artes”, entre outros. 

Estudos apontam que, com o distanciamento social imposto pela pandemia do covid-19, os prejuízos da cultura no Brasil podem superar a casa dos R$ 100 bilhões. O tema deveria ser uma preocupação para todas as esferas de Governo, já que a indústria criativa, na qual está inserido o segmento da cultura, emprega 6,2 milhões de brasileiros e gera uma receita superior a R$ 335 bilhões. O setor cultural corresponde a 2,64% do PIB nacional.

Os reflexos não apenas devem afetar toda a cadeia produtiva, como podem ditar a maneira como se faz e veicula arte no País. Afinal, o distanciamento social, evitando aglomerações, deverá ser seguido ainda por tempo indeterminado, tornando urgente pensar em caminhos e alternativas para cinemas, teatros e casas de espetáculos. No cenário internacional, as perspectivas também não são animadoras. Pensando nisso, a SMC convidou personalidades do setor para diálogos que devem girar em torno de quatro eixos temático: Diagnóstico do Impacto da covid-19 sobre o setor Cultural; a Presença de Público nos Espaços Culturais Pós-Quarentena; a Relação Arte e Cidade: Espaços Públicos Abertos para a Cultura; e a Relação das Arte com as Redes e Novas Tecnologia.

Participam das conversas personalidades como Tom Zé, Dráuzio Varella, Lais Bodanzky, Danilo Santos Miranda e Lázaro Ramos, entre outros.

Cultura Presente

Nesse momento em que as apresentações artísticas em locais públicos ou privados estão suspensas, a SMC entende a urgência de se pensar em alternativas criativas e inovadoras para apoiar o setor cultural, evitando a sua paralisação. Para isso, foi criado o Projeto Cultura Presente que, até o momento, lançou três chamados e um edital para programação online. Os chamados Bibliotecas Online, Conexão Casas de Cultura e Teatros e Centros Culturais na Rede têm como objetivo amparar a classe artística com contratações para apresentações online, em formatos de “lives”, substituindo as apresentações presenciais nos equipamentos da Secretaria. Já o edital “E-Vivências – Memórias, Experiências e Teorias” fomenta atividades de formação, oficinas e palestras online. As contratações deverão ocorrer enquanto os equipamentos da SMC permanecerem fechados. 

Serviço

  • Ciclo “Diálogos Cultura Presente – Pensamentos sobre o futuro das artes”

Data: De 9 a 13 de junho

Abertura: 9 de junho, às 17h

Transmissão online: Facebook e YouTube da Secretaria Municipal da Cultura

Programação

Dia 9 de junho

Abertura – 17h

Hugo Possolo (Secretário Municipal de Cultura); mediação de Paula Lima (Cantora) 

Diálogo 1 – Relação Arte e Cidade: Espaços Públicos Abertos para a Cultura – 19h-21h

Com Gisele Brito (Jornalista – Rede de Jornalistas da Periferia) e Laura Sobral (Arquiteta – Instituto A Cidade Precisa de Você); mediação de Marcos Cartum (Arquiteto – Museu da Cidade de São Paulo) 

Dia 10 de junho

Diálogo 2 – O Lugar do Artista 

17h-19h 

Com: Elisa Lucinda (Atriz, cantora e jornalista) e Mauro Neri (Artista plástico – “Ver A Cidade”); mediação de Eliane Dias (Empresária – Boogie Naipe) 

Diálogo 3 – O Futuro dos Grandes Eventos 

19h-21h 

Com Stephanie Mayorkis (Produtora Cultural – IMM Esporte e Entretenimento) e Mike Willian (Diretor de Operações – Allianz Park); mediação de Mel Lisboa (Atriz)

Dia 11 de junho

Diálogo 4 –  Desafios dos novos protocolos diante das artes

17h-19h 

Com Luiz Álvaro (Secretário Municipal de Relações Internacionais) e Dráuzio Varella (Médico e escritor); mediação Erika Palomino (Jornalista – CCSP) 

Diálogo 5 – Arte, Público e Ocupação dos Espaços

19h-21h 

Com José Celso Martinez Corrêa (Ator e diretor – Teatro Oficina) e Veronica Gentilin (Atriz e dramaturgista – Cia. Mungunzá de Teatro); mediação Pedro Granato (Ator e diretor – Departamento de Teatros e Centros Culturais da SMC)

Dia 12 de junho 

Diálogo 6 – Gestão Cultural diante da crise

15h-17h 

Com Lais Bodanzky (Cineasta – SPCine, Danilo Santos Miranda (Diretor regional – Sesc-SP); mediação de Lázaro Ramos (ator e escritor)

Diálogo 7 – Das soluções geradas na quarentena rumo a novos modelos

19h-21h 

Com Ale Santos (Escritor) e Ronaldo Lemos (Advogado); mediação de Rita Von Hunty (Professora e Drag Queen)

Dia 13 de junho

Diálogo 8 – O lugar da mídia especializada no novo contexto

15h-17h 

Com Adriana Ferreira (Jornalista- Revista Marie Claire) e Paulo Vieira; mediação de Monique Evelle (Ativista – Desabafo Social) 

Diálogo 9 – Novo convívio social: perspectivas no contexto das artes

19h-21h 

Com Tom Zé (Cantor e Compositor) e Teresa Cristina (Cantora); mediação de Cunha Jr. (Jornalista)

*Com informações da Prefeitura de SP

Última atualização em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *