Litoral Paulista tem Guia de Museus com Informações aos Turistas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Os frequentadores de 27 instituições museológicas localizadas entre os municípios de Bertioga e Peruíbe, no litoral paulista, terão à disposição um catálogo impresso com informações sobre as unidades. Foi lançado o “Guia de Visitação: Museus da Baixada Santista”, na cidade de Santos.

“O projeto é uma iniciativa do Sistema Estadual de Museus, que, em parceria com a organização social Acam Portinari e o Grupo Orla Cultural, estimula a visitação aos Museus da Baixada Santista e consolida os espaços como atrativos turísticos e culturais da região”, destaca Thaís Moron Machado, diretora do Museu de Pesca e pesquisadora científica do Instituto de Pesca, vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

Prédio do Museu de Pesca de Santos, um dos equipamentos com informações no guia, foi construído em 1908.
(Foto: Alexandre Moreira/ Governo do Estado de SP/ Divulgação)

Na avaliação da diretora, a publicação é resultado do intercâmbio entre os gestores de museus da Baixada Santista. “A região tem um grande potencial de turismo, sendo preciso atrair o público e sensibilizá-lo, educando-o culturalmente”, completa.

Na temporada do verão compreendida entre o fim de 2016 e o início de 2017, a Baixada Santista recebeu cerca de 18 milhões de turistas, de acordo com informações da Ecovias e do terminal marítimo Concais, entre visitantes que chegaram à região de carro ou por transatlânticos.

Acesso

Para Marjorie Medeiros, do Grupo Orla Cultural, os dados reforçam a importância do Guia como meio de acesso e promoção dos museus. A profissional destaca que o projeto de reformulação do material, aprovado pelo Programa Estadual de Ação Cultural (ProAC Municípios), permitiu que mais instituições da Baixada Santista fossem beneficiadas.

“O guia ampliou a visibilidade dos equipamentos culturais, assim como auxiliou na divulgação do trabalho do Grupo Orla Cultural Museus, transformando-se em um caso de sucesso entre as redes de articulação do setor no Estado”, enfatiza Beatriz Royer Massonetto, consultora do grupo.

Em 2012, o foco dos trabalhos do Sistema Estadual de Museus (Sisem) foi a área de comunicação dos equipamentos culturais, em que identificou situações e planejou diagnósticos capazes de potencializar as atividades da área. No mesmo ano, foi publicada a primeira edição do guia, com 15 organizações.

Bem recebida pelo público, a iniciativa contribuiu para o aumento de visitantes dos espaços. Por isso, a nova edição foi ampliada, contemplando 27 museus da região.

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast