Sérgio Cursino e a carreira: ‘Reinventar é preciso’

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Dono de uma voz privilegiada e dotado de um talento inconfundível, o locutor, comunicador, publicitário e jornalista Sérgio Cursino é referência para os profissionais da comunicação. Um dos segredos para se manter na ativa e conseguir fidelizar um público antigo e conquistar uma nova legião de fãs, é saber se reinventar, como revelou o profissional no Podcast da AM3 Conteúdo nessa semana.

Sérgio Cursino

“Reinvenção é a palavra. É você entender e explorar todas as suas possibilidades”, disse Cursino durante a entrevista. Para ele, é essencial saber potencializar o que o profissional tem de melhor, aquilo que sabe fazer muito bem, diferenciando-o das outras pessoas. “Não explore o que você não faz bem, porque vai perder seu tempo e a concorrência é muito grande”, alerta o comunicador.

Ex-âncora do ‘Rede TV News’, Sérgio Cursino tem a voz e a imagem conhecida pelo grande público. Ele já apresentou o ‘Balanço Geral’ na Record TV do Vale do Paraíba e outras atrações na televisão, onde também atuou como voz padrão da Band durante alguns anos e foi locutor do ‘Fantástico’. Outra curiosidade sobre o profissional, é que ele foi o primeiro locutor do canal HBO no Brasil.

Primeiro locutor da HBO no Brasil

No rádio, Sérgio Cursino tem passagens pela Globo, Record e Capital, todas em São Paulo.  Na entrevista ao Podcast da AM3 Conteúdo, ele contou que precisou se reinventar para se manter na carreira, porque o meio é muito instável e nem todos conseguem sobreviver aos altos e baixos da profissão. “A nossa concorrência é extremamente selvagem, é predadora. Eu comecei na TV Globo do Rio de Janeiro, onde todos sonham começar e se aposentar. Lá eu aprendi com Francisco Panessa, que não deveria ser apenas uma voz, que precisaria me incomodar e melhorar sempre”, contou.

Sérgio Cursino pode se considerar um profissional multimídia, porque conhece todas as áreas da comunicação e como todos os profissionais, enfrentou grandes adversidades, mas sua capacidade de se reinventar o manteve na profissão como um dos profissionais mais respeitados do país.

A entrevista completa pode ser ouvida neste link da AM3 Conteúdo.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas