Evaristo Costa descobre que foi demitido ao ligar para CNN Brasil

Evaristo publicou a informação em uma rede social
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Evaristo Costa
Foto: Reprodução/CNN Brasil

O jornalista Evaristo Costa não faz mais parte da equipe de apresentadores da CNN Brasil. Ele estava em férias e ao retornar notou que seu programa não aparecia nas chamadas da emissora e ao ligar para saber o que houve, foi comunicado que seu trabalho não interessava mais ao grupo.

Ainda se recuperando da notícia que o pegou de surpresa, Evaristo Costa usou suas redes sociais nesta sexta-feira (3) para comentar sua demissão e a forma como ela ocorreu.

“Desde do dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. Sim, eu trabalhava na CNN, mas ao voltar das férias, assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa. Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços. É do jogo!!! ‘Seja feita vossa vontade’. Quando me recuperar do ocorrido dou mais detalhes. Livre na pista”, postou o apresentador.

Ao lado do colega William Waack, Evaristo Costa foi um dos primeiros nomes confirmados pela CNN Brasil em 2019, antes mesmo do lançamento da emissora. Ele estva na emissora há 2 anos e 3 meses comandando o CNN Séries Originais.

A força do rádio

O rádio continua sendo um veículo forte, principalmente em tempos dificeís, como o atual. Ao contrário do que se pensava, a tecnologia fortaleceu ainda mais as emissoras que além de transmitirem sua programação pela internet, também podem fazer uso de imagem, como é o caso da Jovem Pan, pioneira nesse formato.

A segmentação também é um dos fatores que impulsionou o veículo. A Rádio Atalaia, por exemplo, tem como foco o público acima dos 40 anos com uma programação musical focada em sucessos nacionais e internacionais dos anos 70, 80 e 90.

Adeus a Sérgio Mamberti

Foto: Reprodução/Tv Globo

O ator Sérgio Mamberti morreu nesta sexta-feira (3) aos 82 anos. Sua vida foi marcada por uma trajetória de sucesso no teatro, cinema e TV e deixou seu talento gravado em grandes novelas, onde deu vida a personagens importantes como o Eugênio de “Vale Tudo” e Dionísio Albuquerque / Klaus Wagner de “A Flor do Caribe”.

Na TV Cultura, Sérgio Mamberti deu vida ao inesquecível personagem Dr. Victor na série infantil “Castelo Rá-Tim-Bum”. O ator estava tratando de uma infecção nos pulmões e a causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.

O jornalista Antonio Marques escreve sobre rádio, televisão e famosos desde 1990 e é um dos colunistas do portal SP Agora.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas