Márcio Garcia e Amigo ‘Brigam’ na Justiça Por Causa de Dívida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Márcio Garcia sorriu pra foto logo depois da audiência (Foto: Brunno Dantas – TJ-RJ/ Divulgação)

O juiz Alessandro de Oliveira Felix, titular da 51ª Vara Cível do Rio, realizou nesta quarta-feira, dia 6, uma audiência do processo em que são partes o ator Márcio Garcia e o empresário Júlio Pignatari Junior. Durante a sessão, o magistrado procurou fazer com que os dois – amigos há mais de vinte anos – chegassem a um acordo, o que não aconteceu.

Trata-se de uma ação de indenização por danos morais no valor de R$ 100 mil que Pignatari pede em razão de ter ficado com o “nome sujo” por quase dez anos após ser fiador da MG Sete Cultura Física, academia que tinha Marcio Garcia como um dos sócios.

O negócio acabou com uma dívida de mais de um milhão de reais por falta de pagamento de aluguéis, que não foi paga pelo empresário.

Márcio Garcia também é réu em outra ação movida por Pignatari na 42ª Vara Cível do Rio, em que este pede o ressarcimento do dinheiro pago.

(Texto: Assessoria de Imprensa TJ-RJ)

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas