Bandeirinha mulher é agredida por técnico

Confusão aconteceu no jogo entre Desportiva Ferroviária e Nova Venécia

O técnico Rafael Soriano, da Desportiva Ferroviária, agrediu a assistente de arbitragem Marcielly Netto ao final do primeiro tempo da partida contra o Nova Venécia neste domingo (10). O jogo valia pelas quartas de finais do Campeonato Capixaba.

Insatisfeito após o árbitro Arthur Gomes Rabelo encerrar o primeiro tempo antes do seu time cobrar um escanteio, o treinador foi tirar satisfações com a arbitragem e deu uma cabeçada na bandeirinha.

Após o ato, Soriano foi expulso do jogo. Ao se justificar sobre a atitude, ele afirmou que a profissional “tá querendo aproveitar de uma situação porque é mulher”.

Momento da confusão gravada pela TVE, afiliada à TV Cultura

“Se você disser que eu te agredi, nós vamos para a delegacia. Vamos fazer Corpo de Delito, senão eu vou te processar”, falou o treinador para a equipe da TV Cultura, que estava no gramado.

O time da TVE, afiliada da Cultura, apurou que a auxiliar prestará queixa contra o treinador.

A partida acabou 3 a 1 para o Nova Venécia, que se classificou para a semifinal da competição. O treinador foi demitido.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.