Categorias Esportes

Mesmo com 15 desfalques por Covid-19, Palmeiras avança na Copa do Brasil

Publicado por
O jogador Raphael Veiga, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Ceará SC, durante partida válida pelas quartas de final (volta), da Copa do Brasil, na Arena Castelão (Cesar Greco/via Agência Brasil)

No primeiro duelo que realizou em meio ao surto do novo coronavírus (covid-19) pelo qual passa o elenco, o Palmeiras pôde comemorar a classificação à semifinal da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (18), o Verdão ficou no empate por 2 a 2 com o Ceará na Arena Castelão, em Fortaleza. A equipe alviverde tinha a vantagem de poder ser derrotado por até dois gols de diferença, já que havia ganhado a partida anterior – no Allianz Parque, em São Paulo, há uma semana – por 3 a 0.

O time paulista espera quem avançar no duelo entre América-MG e Internacional, que se enfrentam às 21h30 (horário de Brasília) de hoje no Independência, em Belo Horizonte. O Coelho pode até empatar que se classifica, já que venceu o jogo de ida por 1 a 0 no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Apesar da vantagem confortável com a qual foi a campo, o Palmeiras teve 18 desfalques para o reencontro com o Ceará, sendo 15 pela covid-19. A sorte alviverde é que, entre as ausências, não estava o meia Raphael Veiga. Em grande fase, o camisa 23 balançou as redes duas vezes, marcando inclusive um golaço de letra.

Os desfalques pareciam não ter feito grande diferença no Verdão no primeiro tempo, já que o time teve o controle das ações. As principais oportunidades saíram dos pés de

Veiga. Aos 20 minutos, o meia assustou no rebote de uma cobrança de falta  que ele próprio sofreu. Aos 25, foi derrubado pelo volante Charles na área e marcou de pênalti. Aos 46, obrigou o goleiro Fernando Prass a uma importante – mas estranha – defesa. Três minutos depois, aproveitou cruzamento do meia Lucas Lima e, de letra, mandou para as redes.

O Vozão reagiu no segundo tempo e precisou de 16 minutos para empatar. Aos 11, os meias Vina e Lima tabelaram e o primeiro diminuiu o prejuízo alvinegro. Cinco minutos depois, o zagueiro Tiago Pagnussat, de cabeça, deixou tudo igual. 

Aos 24 e aos 30 minutos, o time cearense ainda reclamou de duas penalidades. A segunda delas, em Vina, até foi assinalada, mas anulada após o alerta do árbitro de vídeo (VAR). A longa paralisação para conferência esfriou a equipe da casa. O Palmeiras retomou as rédeas do jogo e as manteve até fim.

Os dois times voltam às atenções à Série A do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (21), às 21h, o Palmeiras visita o Goiás no Estádio da Serrinha, em Goiânia. Já no domingo (22), às 16h, o Ceará mede forças com o líder Atlético-MG na Arena Castelão. Os duelos valem pela 22ª rodada da competição nacional.

Confira a tabela completa da Copa do Brasil.

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional 

Esta postagem foi modificada pela última vez em 18 de novembro de 2020 22:18

Deixe um comentário
Compartilhar
Publicado por

Postagens recentes

Nubank: Anitta passa a integrar conselho de administração do banco digital

Anitta vai discutir decisões estratégicas do futuro do banco digital Leia mais

21 de junho de 2021

Mercado financeiro eleva projeção para expansão do PIB

Boletim também prevê inflação maior Leia mais

21 de junho de 2021

Inverno começa com risco de agravamento da crise hídrica

Estação mais fria do ano se estenderá até 22 de setembro Leia mais

21 de junho de 2021

Esse website utiliza cookies.