Nicholas Santos alcança melhor marca da carreira

Aos 40 anos, nadador crava 50seg18 nos 100 borboleta
(Satiro Sodré/CBDA)

Na quinta-feira (5), durante a sétima etapa da Liga Internacional de Natação (ISL, sigla em inglês), em Budapeste, na Hungria, o principal destaque brasileiro foi Nicholas Santos. Aos 40 anos, o nadador alcançou a melhor marca pessoal nos 100 metros borboleta cravando 50 segundos e 18 décimos, bem abaixo da antiga marca que era 50 segundos e 60 décimos do Troféu José Finkel de 2014. Nesta quinta, ele ficou atrás apenas de Chad Le Clos. O nadador sul-africano, de 28 anos, foi campeão olímpico na prova dos 200 metros em Londres. Na semana passada, Nicholas Santos já havia vencido a prova dos 50 metros borboleta, com o tempo de 22 segundos e 30 décimos.

Na prova dos 200m medley, Leonardo Santos também foi destaque ao vencer a prova em 1 minuto 53 segundos e 19 décimos. Foi o segundo título dele nesta temporada.

Notíciasrelacionadas

Dois brasileiros ficaram em terceiro lugar em provas individuais. Ambos nadam pela equipe London Roar. Guilherme Guido, nos 50 metros costas, fechou com 23 segundos e 31 décimos. Vinícius Lanza, nos 100 borboleta, quebrou a barreira dos 50 segundos pela primeira vez na carreira, cravando a marca de 49 segundos e 92 décimos.

A ISL, disputada em piscina curta (25 metros), é o maior evento da modalidade neste ano de 2020. São aproximadamente 400 atletas divididos em 10 times de vários países. Essas equipes se enfrentam em dez etapas classificatórias até o fim de novembro. As finais estão previstas para os dias 21 e 22.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo