Por medo da Covid-19, time entrega o jogo e perde por 37×0

Atleta adversário teve contato com infectado dias antes da partida
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Arquivo)

O time de futebol SG Ripdorf/Molzen II, de uma liga regional alemã, perdeu propositalmente de 37 a 0 por medo do coronavírus. A equipe amadora, baseada na cidade de Uelzen, no estado de Baixa Saxônia, no leste alemão, manteve distância do adversário durante toda a partida contra o SV Holenstedt II.

A agremiação visitante havia tido contato com um oponente infectado com covid-19 em jogo anterior. E embora os jogadores tivessem sido testados negativamente para a doença, não havia transcorrido ainda um período de 14 dias desde então. O time de Uelzen preferiu, por isso, a cautela, disponibilizando apenas sete jogadores para o encontro, número mínimo para uma partida, segundo as regras.

A solicitação para adiamento do duelo foi rejeitada pelo adversário, segundo os responsáveis pelo SG. Por isso, o time decidiu simplesmente correr em campo no último domingo, para evitar uma multa por não comparecimento.

“Somos gratos aos sete jogadores que se voluntariaram, senão o clube teria que pagar multa de 200 euros (R$ 1.240) por abandono de jogo”, afirmou o vice-presidente do Ripdorf, Patrick Ristow, em entrevista à ESPN. ”Isso é muito dinheiro para nós, especialmente em meio à pandemia.”

Já Holdenstedt não teve misericórdia e marcou um gol quase a cada dois minutos, enquanto o adversário assistia de uma distância segura. “Quando o jogo começou, um de nossos jogadores passou a bola para o adversário, e nosso time foi para as laterais”, disse Ristow. “Os jogadores do Holdenstedt não entenderam. Mas não queríamos nos arriscar. Durante o resto do jogo, os nossos jogadores regressaram, mas apenas permaneceram no campo.”

O resultado da partida criou um rebuliço nas redes sociais, mas Ristow disse que o Ripdorf se concentrou apenas no que era melhor para o bem-estar de todos os atletas em campo.

Nesta semana, os governos de estados alemães concordaram em permitir um máximo de 20% de público durante jogos da Bundesliga e de outros eventos esportivos. Desde março, a primeira liga do futebol alemão vinha realizando apenas partidas de arquibancadas vazias. A medida será implementada em caráter experimental, sob estritas normas de higiene e distanciamento. Após seis semanas, haverá uma avaliação para se decidir sobre a continuidade ou não da nova regra.

Entretanto, a partida desta sexta-feira, entre Bayern e Schalke, que abre a nova temporada da Bundesliga, não terá torcedores. A prefeitura de Munique, sede do jogo, barrou a participação de público depois que a cidade registrou 47,6 novos casos por 100 mil habitantes no período de sete dias.

MD/sid/rtr

Por Deutsche Welle

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país