Santos explica redução salarial a atletas mesmo sem acordo, veja nota

A nota também afirma que 60% do quadro de funcionários receberam seus salários integralmente
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Após a polêmica decisão de reduzir em 70% os salários de parte dos seus colaboradores, sem o consentimento dos atletas, o Santos divulgou uma nota em seu site oficial esclarecendo a decisão.

O clube admitiu que não chegou a um desfecho na negociação com os jogadores e, enquanto a situação não é definida, efetuou o pagamento referente aos vencimentos do mês de abril, de acordo com a medida tomada aos funcionários da parte administrativo que recebem valor mensal superior a R$ 6 mil.


A nota também afirma que 60% do quadro de funcionários receberam seus salários integralmente. A informação difere do que foi dito pelo presidente José Carlos Peres à “Gazeta Esportiva” e ao “Blog do PVC”, onde informou que 80% dos colaboradores não seriam atingidos.

Segundo especialistas em legislação trabalhista e direito desportivo, a atitude do Santos pode acarretar em sanções frente a Justiça do Trabalho, inclusive com rescisão unilateral por parte de alteras que optarem por acionar a instituição. Confira a nota na íntegra

“O Santos Futebol Clube vem a público esclarecer que ainda não houve desfecho nas negociações de redução salarial com os atletas, e que, independentemente deste fato, optou por tomar a decisão de efetuar o pagamento parcial de seus respectivos salários referentes ao mês de abril, sob a mesma política adotada para todos os demais funcionários do Clube. As negociações com os atletas seguirão em andamento, com o intuito de encontrar um denominador comum entre as partes.

Diante desta pandemia do novo Coronavírus e todas as complicações por ela geradas, o Santos FC tem feito o possível para atender todo o quadro de funcionários, terceiros e fornecedores. Mesmo em estado de calamidade pública e com importantes receitas suspensas, aproximadamente 60% dos funcionários receberam seus salários integralmente”.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país