Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Fatec anuncia novos cursos superiores na Capital e no Interior

O Vestibular 2020 das Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs) terá vagas para três novos cursos: Ciência de Dados, Gestão da Qualidade e Design de Produto com ênfase em Processos de Produção e Industrialização. A partir de 2020, portanto, serão 80 cursos superiores de tecnologia oferecidos pelo Centro Paula Souza, responsável pela administração das Fatecs e Etecs no Estado de São Paulo.

O Vestibular para o primeiro semestre de 2020 tem ao todo 15.565 vagas, distribuídas entre as 73 Fatecs, localizadas em todas as regiões do Estado. As inscrições podem ser feitas até 11 de novembro, às 15 horas, pelo site www.vestibularfatec.com.br.

Ciência de Dados
Fatec Ourinhos (40 vagas)

Nove em cada dez rankings de carreira apontam a profissão de cientista de dados como uma das mais promissoras no mundo. A explicação para esse interesse está no fato de a tecnologia gerar um volume de informações muito grande nas organizações que, se for tratado de forma inteligente, gera valor e oportunidades de negócios.

Para o coordenador do novo curso da Fatec Ourinhos, Sidney Ferrari, o momento é favorável porque os primeiros cursos de formação superior ainda estão surgindo e, além da falta de gente especializada, o volume de dados cresce de forma exponencial. “Nosso curso vai proporcionar conhecimentos e habilidades exigidos pela Indústria 4.0”, afirma. “A ideia é atender candidatos de São Paulo e até de outros Estados”, complementa o professor.

No processo seletivo são oferecidas 40 vagas para o período noturno. O curso reúne conhecimento integrado e multidisciplinar das áreas de computação, estatística, marketing e psicologia. Empresas como IBM e Microsoft são parceiras da unidade e estão apoiando a implantação do novo curso.

A partir do segundo semestre, os alunos terão acesso a laboratórios específicos para práticas de Inteligência Artificial e Machine Learning. No sexto semestre, estão previstos workshops para estudo de casos reais de empresas que serão parceiras nessas atividades.

Gestão da Qualidade
Fatec Lins (40 vagas)

Além dos cursos superiores de Logística e Gestão da Produção Industrial, a Fatec Lins vai disponibilizar aos candidatos a graduação tecnológica de Gestão da Qualidade a partir do próximo semestre. O Vestibular oferece 40 vagas para o período noturno.

“O novo curso atende à demanda da região, um polo de produção de tecido e plástico biodegradável”, afirma a coordenadora de projetos da Unidade de Ensino Superior de Graduação (Cesu) do CPS, Marinês Perez. A formação tecnológica na área de qualidade capacita profissionais para monitorarem o processo de produção, identificando falhas e necessidade de adequação às normas técnicas dos órgãos certificadores.

Para viabilizar as atividades práticas, a Fatec de Lins montou dois laboratórios de metrologia equipados com balança digital, paquímetro digital para medição de chapas de aço, calibrador para conferência de embalagem tridimensional, traçador de altura para medição de equipamento vertical, entre outros instrumentos para medição e calibração que conferem o cumprimento de normas técnicas.

Design de Produto com ênfase em Processos de Produção e Industrialização
Fatec Tatuapé (40 vagas)

A partir de 2020, a Fatec Tatuapé, localizada na zona leste da capital, vai oferecer o curso de Design de Produto com ênfase em Processos de Produção e Industrialização, no período da manhã, com 40 vagas. Para o coordenador de projetos do eixo tecnológico de Produção Cultural e Design, André Guilles, o mercado é carente desses profissionais porque existem apenas cursos de bacharelado que oferecem uma formação mais conceitual e menos prática.

“O curso visa oferecer ao tecnólogo uma capacidade de execução bem consolidada para que possa sair com domínio de diversas técnicas e softwares de impressão em 3D para desenvolver projetos, protótipos, modelagens e croquis”, explica Guilles.

Segundo o coordenador, o design é uma atividade imprescindível para as marcas que querem disputar o mercado internacional. “Sem investimento em design não é possível ser competitivo no exterior. O Brasil tem uma tradição forte na área, somos referência”, diz.

*Conteúdo do Governo do Estado de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by