Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Índio adolescente morto sofria ameaças, diz família

Família diz que Dorivan Guajajara havia recebido ameaças (Mídia Índia/Fotos Públicas)


Duas pessoas foram mortas em Amarante do Maranhão, no Maranhão, nesta sexta-feira (13). Uma das vítimas é o adolescente Dorivan Guajajara que tinha sinais de ferimentos feitos com faca.

“Tem que ter alguma Justiça para investigar isso. Precisamos de que se preocupem com o que está acontecendo conosco”, disse um dos irmãos de Dorivan, o indígena Luiz Carlos Guajajara à Comissão Pastoral da Terra. A família também diz que Dorivan havia recebido ameaças.

A violência na Terra Indígena Araribóia fez outras vítimas nas últimas semanas. “Em novembro, Paulo Paulino Guajajara foi brutalmente assassinado a tiros por invasores dentro de seu próprio território enquanto caçava. Na última semana, Firmino Praxede Guajajara e Raimundo Belnício Guajajara, foram mortos na Terra Indígena Cana Brava, próxima à Araribóia”, relata a Comissão.

A Comissão cita ainda dados do Centro Indigenista Missionário (Cimi), que revelam ao menos 20 mortes de Guajajara no território e nas imediações desde 1992.

*Com informações da Comissão Pastoral da Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *