Após 5 meses, Paraguai concede liberdade a Ronaldinho Gaúcho

Jogador e o irmão foram detidos com documentos falsificados.

Após cinco meses impedido de deixar o Paraguai, o ex-jogador brasileiro Ronaldinho Gaúcho conseguiu o direito a liberdade. A decisão da Justiça do Paraguai permitiu que Ronaldinho volte ao Brasil, após tentar entrar no país vizinho com passaporte falsificado.

Além de Ronaldinho, o irmão dele e empresário, Roberto de Assis Moreira, também poderá retornar ao Brasil.

Relembre o caso aqui.

*Com informações da Reuters

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.