Avião com insumos para vacinas decola da China

Aeronave chega nesta quarta ao Aeroporto Viracopos, em Campinas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(FlightRadar24/Reprodução)

O avião da Latam que traz novas doses da vacina Coronavac para São Paulo decolou na noite desta terça-feira (2), em Pequim, na China. O voo JJ-9555 tem previsão de chegar nesta quarta-feira, em Campinas, interior de São Paulo.

Segundo o Governo do Estado, que transmite a viagem no site oficial, em tempo real, a bordo do Boeing 777-W (ER) está o material necessário para produzir 8,6 milhões de doses da vacina contra a covid-19. São 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da fábrica da biofarmacêutica Sinovac Life Sciences. Aqui no Brasil, cabe ao Instituto Butantan produzir as doses que serão destinadas aos brasileiros.

Segundo o último dado confirmado, de todas as vacinas disponíveis no país até o momento, 80% foram fornecidas pelo Instituto Butantan. 

De acordo com o Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, as vacinas produzidas com o lote de matéria-prima que chega nesta semana começarão a ser entregues ao Ministério da Saúde no próximo dia 25. Outra carga com 5,6 mil litros de IFA também chegará ao Brasil até o próximo dia 10, viabilizando a produção de mais 8,7 milhões de doses em São Paulo.

As novas cargas permitem que mais 17,3 milhões de doses sejam entregues a partir do final deste mês. Em janeiro, o Butantan entregou 8,7 milhões de vacinas ao Ministério da Saúde. Foram 6 milhões de doses no dia 17, outras 900 mil no dia 22 e mais 1,8 milhão no dia 29, em cumprimento ao contrato que incluiu o imunizante no PNI (Plano Nacional de Imunizações).

Aeronave que traz as vacinas para o Brasil antes da decolagem (Reprodução)

A previsão do Butantan é que a produção local de vacinas contra a COVID-19 alcance até 600 mil doses diárias com as duas novas remessas de matéria-prima. O instituto ainda negocia o recebimento de mais 8 mil litros de IFA para cumprir o contrato com o Ministério da Saúde.

São 46 milhões de doses previstas até o final de abril e um adicional de 54 milhões de vacinas com prazo a definir.

*Erramos: Ao contrário do que informamos, o avião pousará em Campinas e não em Guarulhos; o texto foi atualizado

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas