Fotos mostram destroços de mísseis que atingiram petrolífera

Irã nega que seja autor do ataque.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por NHK

(Ministério da Defesa da Arábia Saudita)

A Arábia Saudita revelou os destroços do que afirmou ser mísseis de cruzeiro e drones utilizados no ataque de sábado a suas instalações de petróleo.

Na quarta-feira (18), o porta-voz do ministério da Defesa saudita, Turki al-Malki, declarou à imprensa e a diplomatas presentes no reino que os destroços eram evidências inegáveis de agressão iraniana. Ele disse ainda que gravações de câmeras de segurança e o dano sofrido pelos alvos indicam que os ataques vieram do norte, direção em que se localiza o Irã em relação à Arábia Saudita.

Al-Malki afirmou que 18 drones e sete mísseis de cruzeiro foram lançados no ataque. Ele descreveu os drones como modelos “delta wing” de formato triangular, os mesmos utilizados em um ataque a oleodutos sauditas em maio. O porta-voz também declarou que os mísseis de cruzeiro tinham formato similar àqueles revelados pelo Irã no passado.

O Irã continua a negar tais alegações.

(Ministério da Defesa da Arábia Saudita)

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas