Hong Kong veta importação de frango de frigorífico brasileiro

Suspensão tem caráter temporário, mas sem data para terminar.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Hong Kong vetou a importação de frango do frigorífico brasileiro Aurora, localizado em Santa Catarina. O Ministério da Agricultura divulgou que recebeu o comunicado oficial confirmando a medida.

Ainda de acordo com o Ministério, a suspensão tem caráter temporário. Não foi informado, entretanto, qual será o tempo de vigência. Por meio de sua assessoria, a pasta informou à Agência Brasil que irá responder aos questionamentos das autoridades de Hong Kong.

A medida ocorreu após um lote de frango do frigorífico Aurora ser apontado por chineses como contaminado pelo coronavírus. A alegação foi feita pela prefeitura de Shenzhen, na província de Guandong.

No dia 14, as Filipinas anunciaram a suspensão da importação de frango brasileiro. De acordo com o Departamento de Agricultura das Filipinas, a medida é transitória, mas não foi estabelecido prazo fixo ou limite para a vigência da proibição.

O Ministério da Agricultura anunciou no dia 13 que pediria explicações à China sobre o episódio. Em nota, o órgão afirmou que não há comprovação científica de transmissão da covid-19 por alimentos congelados.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) também divulgou nota informando estar analisando a alegação de identificação “de traços de vírus em embalagem de produto de origem brasileira”.  No texto, a entidade argumentou que ainda não está claro em que momento teria havido a eventual contaminação.   

Agência Brasil entrou em contato com o frigorífico Aurora, cuja assessoria respondeu que não se pronunciaria no momento.

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas