ONU irá à Venezuela avaliar as condições de moradores

Desde 2014, 414 venezuelanos pediram asilo em outros países.
Grupo de imigrantes venezuelanos percorre a pé o trecho de 215 km entre as cidades de Pacaraima e Boa Vista. (Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma equipe vinculada ao Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos vai à Venezuela na segunda-feira (11) e terça-feira (12) próximas. Segundo a entidade, a visita atende um convite do governo venezuelano.

Os especialistas vão se reunir com integrantes do governo, da Assembleia Nacional da Venezuela, da sociedade civil, além de vítimas de violações dos direitos humanas. A equipe irá a Caracas e outras cidades venezuelanas.

Notíciasrelacionadas

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou que o número de pedidos de asilo por parte de venezuelanos chega a 414 mil, desde 2014. Cerca de 60% deste total apenas em 2018.

O Acnur alerta sobre a necessidade de manter o caráter “civil e humanitário” para a concessão de asilo.

Segundo o alto comissariado, os países latino-americanos concederam 1,3 milhão de permissões de residência e outras de status para regularizar a situação de venezuelanos, permitindo assim que tenham acesso à educação, saúde e oportunidades de trabalho.

*Com informações da agência de notícias da ONU

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo