Papa sugere anular dívidas de países pobres e prega “contágio de esperança”

Páscoa: Francisco apelou a um "cessar-fogo mundial e imediato".
Papa Francisco (Vatican News/Reprodução)

O Papa propôs domingo (12) a redução, ou mesmo anulação, da dívida dos países pobres, apelou a um “cessar-fogo mundial e imediato” e ao aligeiramento das sanções internacionais, face à pandemia da covid-19.Na sua mensagem de Páscoa, lida numa basílica de S. Pedro vazia, o Papa Francisco desejou que “sejam aligeiradas as sanções internacionais que impedem os países que as sofrem de proporcionarem um apoio conveniente aos seus cidadãos” e apelou à solidariedade internacional “reduzindo, se não mesmo anulando, a dívida que pesa sobre os orçamentos dos países mais pobres”.

Na mensagem, Francisco apela a um “cessar-fogo mundial e imediato”. 

Notíciasrelacionadas

“Não é tempo de continuar a fabricar e a traficar armas, desperdiçando avultados capitais que deveriam ser utilizados para tratar as pessoas e salvar vidas”, disse o Papa na mensagem difundida em direto.

O chefe da igreja católica pediu ainda à Europa “solidariedade” e “soluções inovadoras” face à pandemia da covid-19.



Francisco dirigiu os seus pensamentos “a todos aqueles que foram atingidos diretamente pelo coronavírus”, aos “doentes, aos que morreram e às famílias”.

Num mundo “oprimido pela pandemia, que coloca uma dura prova à nossa grande família humana”, é preciso responder com o “contágio da esperança”, afirmou.

Por RTP – Emissora Pública de Portugal

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo