Papa visita Tailândia e pede cooperação com migrantes

Francisco se encontrou com líder supremo do Budismo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por NHK

(Vatican News/Reprodução)


O papa Francisco se encontrou, nessa quinta-feira (21), segundo dia da visita à Tailândia, com o premiê Prayut Chan-o-cha.

Em discurso feito depois do encontro, o papa tratou de questões como refugiados e migração, ponto central de sua missão. A Tailândia é conhecida como um destino importante de refugiados e migrantes, bem como de vítimas de tráfico humano.

“Expresso a esperança de que a comunidade internacional atue com responsabilidade e visão do futuro, trabalhe para solucionar questões que levaram a esse trágico êxodo e promova uma migração segura, ordenada e regulamentada”, afirmou.

Francisco se reuniu também com o líder supremo do budismo tailandês em um templo na parte central de Bangcoc. Ele manifestou o desejo de aprofundar o diálogo entre a Igreja Católica e os budistas. Pediu ainda cooperação na solução de questões como pobreza e meio ambiente.

O papa Francisco deverá deixar a Tailândia com destino ao Japão neste sábado (23).

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas