Polícia confirma mortes em atentado na Ponte de Londres

Autor do atentado foi morto pela polícia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por RTP



Na sequência de um atentado na Ponte de Londres, a polícia confirmou ter abatido o suspeito e que duas das vítimas de esfaqueamento morreram. Segundo a polícia, há vários feridos, alguns em estado grave.

Em entrevista coletiva, a polícia disse que todas as possibilidades estão em aberto e desaconselhou quaisquer especulações sobre a natureza do incidente. As autoridades recomendaram que as pessoas evitem circular nas imediações da Ponte de Londres.

A Scotland Yard tinha informado, no início da tarde que a polícia foi chamada por causa de um esfaqueamento ocorrido na Ponte de Londres um pouco antes das 2h da tarde desta sexta-feira (29). A emergência médica de Londres confirmou a ocorrência de um incidente grave e informou ter enviado várias equipes para o local.

Sem ter ainda provas ou certezas sobre a natureza do incidente, a polícia está, por precaução, a considerá-lo como sendo relacionado com o terrorismo.

A Ponte de Londres foi fechada ao trânsito, e a polícia retirou as pessoas que lá estavam.

O secretário do Interior, Priti Patel, e primeiro-ministro Boris Johnson manifestaram-se nas redes sociais. Patel declarou-se “muito preocupado”com o incidente e solidário com as pessoas afetadas.
Johnson destacou a “imediata resposta” da polícia e da emergência médica, e afirmou que está sendo informado sobre a evolução dos acontecimentos.

Esfaqueamento em Haia

Várias pessoas foram esfaqueadas nesta tarde em uma rua comercial de Haia, na Holanda.

A polícia local confirma vários feridos e informa que os serviços de emergência estão no local do incidente.

Segundo a polícia, o atacante, que fugiu, é um homem que aparenta idade entre 45 e os 50 anos e vestia roupas esportivas de cor cinza.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas