Protestos na Espanha têm noite mais violenta

Manifestações tiveram 152 feridos na noite mais violenta até agora.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Fotomovimiento/Fotos Públicas)


Os protestos na Espanha produziram a noite mais violenta dos últimos dias, em Barcelona, informa a Agência de Notícias Portuguesa, RTP. Os confrontos entre manifestantes e a polícia provocaram 152 feridos na capital catalã. Alguns são policiais, atingidos por todo o tipo de objectos.

Hoje (19), Quim Torra, chefe do governo regional catalão pediu ao primeiro-ministro espanhol interino, Pedro Sánchez, uma data para “conversações e negociações imediatas”. O objetivo é encontrar uma solução pacífica.

Torra também se posicionou contra a agressividade nos protestos: “A violência não é nossa bandeira”.

Este é o quinto dia de manifestação. O protesto é contra a decisão da Suprema Corte da Espanha, que condenou a prisão os principais líderes políticos da Catalunha, por terem atuado na tentativa de independência da região.

Forças policiais são atingidas por objetos lançados por manifestantes
(Fotomovimiento/Fotos Públicas)

*com informações da RTP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas