Socialistas vencem eleições legislativas em Portugal

Partido António Costa pode alcançar maioria absoluta no parlamento

O Partido Socialista (PS) liderado pelo atual primeiro-ministro de Portugal, António Costa, ganhou as eleições legislativas realizadas neste domingo (30/01) com ampla vantagem, mais de 43% dos votos, com 40% da apuração realizada. Segundo projeções, isso garantiria à legenda de 100 a 118 assentos do total de 230 na Assembleia da República.

Segundo os números divulgados pelo Ministério da Administração Interna, o PS é o claro vencedor e pode ser aproximar da maioria absoluta. O líder da oposição, Rui Rio, do Partido Social Democrata (PSD, de centro-direita), recebeu pouco mais de 32% dos votos.

O ultradireitista Chega, que tinha um deputado no parlamento, aparece como terceira força, com mais de 7% dos votos na parcial, enquanto os antigos parceiros da esquerda tiveram resultados piores.

António Costa, homem branco e cabelos brancos, com óculos de grau, fala a jornalistas que aparecem no canto direito da foto segurando microfones. Dois cachorros acompanham o momento perto de António.
António Costa, primeiro-ministro de Portugal (RedeSocial)

O Bloco de Esquerda, que era a terceira força em 2019, com quase 7%, cairia agora para a quinta posição, com menos de 3%. Já a coalizão de comunistas e verdes passaria de 4,6% das últimas eleições para mais de 3%.

Necessidade de governo estável

As eleições legislativas de Portugal, antecipadas devido à reprovação da proposta de orçamento para 2022 apresentada pelos socialistas, foram encerradas às 20h (hora local; 16h em Brasília), com o fechamento dos centros de votação nos Açores. A abstenção, de acordo com as pesquisas, seria inferior a 51%, número registrado nas eleições de 2019.

Os resultados provisórios contrastam com as pesquisas divulgadas nos últimos dias de campanha, que apontavam um empate técnico entre o PS e o PSD.

Embora haja “um certo desencanto com os socialistas”, segundo a politóloga Marina Costa Lobo, da Universidade de Lisboa, a maioria do eleitorado português crê que António Costa tenha “mais aptidões e experiência em governar” do que o líder social-democrata, Rui Rio.

Sob Costa, Portugal superou as medidas de austeridade, manteve disciplina fiscal e reduziu o desemprego aos níveis pré-pandemia. O país também apresenta o mais alto nível de imunização contra a covid-19 da Europa, com 90% de seus 10 milhões de habitantes totalmente vacinados.

Aludindo às vantagens da continuidade, os cartazes do PS traziam o slogan “Continuar a avançar”. O país necessita um governo estável, também para tirar plena vantagem do pacote de 16,6 bilhões de euros do fundo de recuperação da União Europeia, que deverá receber até 2026.

av (EFE,AFP)

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.