Após agressão, jogadores do Boca Juniors são ouvidos pela polícia

Confusão ocorreu nos vestiários e foi gravada por câmeras de segurança
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A delegação do Boca Juniors (ARG) prossegue na delegacia em Belo Horizonte (MG). A polícia quer deter os jogadores que teriam agredido agentes em uma briga generalizada após a partida do time contra o Atlético Mineiro, realizada na noite da última terça-feira (20).

No confronto válido pela Copa Libertadores, o Galo venceu a equipe argentina nas penalidades após a partida ser encerrada em 0 a 0. No entanto, um gol dos visitantes foi anulado após a checagem do VAR. A partir deste momento, o clima esquentou, e houve confusão entre os atletas.

Após a desclassificação do Boca, os jogadores levaram a briga para o corredor que dá acesso aos vestiários. Os argentinos só foram dispersados após os policiais utilizarem spray de pimenta.

O quarteirão da delegacia está interditado no momento para garantir a segurança dos atletas. O voo da delegação, que estava marcado para o início da madrugada, foi cancelado.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas