Após perseguição, carro cheio de maconha é abandonado em canavial

Motorista que transportava a maconha fugiu e não foi encontrado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Polícia Militar/Reprodução)

Um carro que transportava tijolos de maconha foi abandonado em um canavial após uma perseguição policial, em Piacatu, interior de São Paulo. O veículo seguia pela Rodovia Domingos Antunes Guimarães, nesta sexta-feira (7), quando desobedeceu a ordem de parada da Polícia Rodoviária e deu início a uma fuga.

Segundo a PM, depois um período de perseguição, o motorista abandonou o veículo no meio do canavial e fugiu a pé. Ao fazer a revista no carro, os policiais encontraram os tijolos de maconha escondidos no porta-malas e nos bancos.

Além da droga, o veículo estava com placas clonadas. Na consulta do chassi, os policiais descobriram que o carro também havia sido roubado na cidade de Londrina, no Paraná.

A polícia fez buscas na região para encontrar o suspeito, com apoio do helicóptero Águia, mas ele não foi encontrado. A quantidade de droga apreendida não foi divulgada.

Outro caso

(Polícia Militar/Reprodução)

Na quinta-feira (6), a Polícia Rodoviária apreendeu 541 quilos de maconha em um caminhão, em uma rodovia que passa por Matinópolis, interior do Estado. A droga estava distribuída em 439 tijolos, escondidos em um fundo falso na carroceria.  

O condutor alegou que foi contratado via telefone por um desconhecido para levar o veículo com a droga de Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, até a cidade de São José do Rio Preto, interior paulista, e que receberia o veículo como forma de pagamento. 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas