Bandidos são indiciados após planejar matar diretor de presídio

Maioria dos indiciados estão em presídios por outros crimes.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por Paula Vieira, SSP

(Governo do Estado de SP/Reprodução)


A Polícia Civil indiciou, nesta quinta-feira (17), 10 pessoas que planejavam a morte de um diretor de presídio. A ação aconteceu durante cumprimento de ordens judiciais contra integrantes de uma facção criminosa. Nove dos suspeitos já estão detidos, respondendo por outros crimes. 

Há cerca de seis meses, agentes da 6ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Facções Criminosas e Lavagem de Dinheiro apuravam o plano para executar o diretor de um presídio no interior do Estado  e conseguiram identificar os homens responsáveis por operacionalizar o crime. 

Diante das informações, as equipes deflagraram uma nova etapa da Operação Sintonia para cumprir mandados de busca e apreensão. Durante as atividades, celulares e centenas de anotações usadas para comunicação entre os presos foram recolhidos para análise.

As equipes da Operação Sintonia cumpriram as determinações judiciais em Capela do Alto, Casa Branca, Hortolândia, Porto Feliz, Itapetininga, Itapira, Itatiba, Itirapina, Mairinque, Santa Cruz das Palmeiras, São José do Rio Pardo e Tremembé.

O objetivo da ação foi desarticular a estrutura montada de planejamento e execução do crime. Nove dos indiciados, estavam preso e planejavam a ação de dentro unidades prisionais. Para evitar as apreensões, os envolvidos tentaram dispensar o material dentro de vasos sanitários.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas