Carreta transportava 350 mil maços de cigarro do Paraguai

Motorista apresentou nota fiscal falsificada de carga de frango.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Motorista apresentou nota fiscal falsificada de uma carga de frango (PM/Reprodução)


A Polícia Militar prendeu o motorista de um caminhão que transportava 350 mil maços de cigarros contrabandeados. O flagrante ocorreu nesta em Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo, durante a Operação Rodovia Mais Segura.

Equipes do 2° Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) realizavam fiscalização pelo km 305 da rodovia Castelo Branco, quando abordaram o veículo com placas de Umuarama (PR). Durante a ação, o motorista do caminhão apresentou uma nota fiscal que indicava estar transportando frango. Foi realizada pesquisa e os policiais verificaram que o documento era falsificado.

Com isso, somado ao nervosismo apresentado pelo suspeito, a equipe vistoriou o baú do veículo. No local, foram encontrados os maços de cigarros de origem paraguaia, sem a devida nota fiscal.

O homem foi detido e a ocorrência encaminhada à Polícia Federal de Marília.

*Com informações do Governo do Estado de São Paulo

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Uma resposta para “Carreta transportava 350 mil maços de cigarro do Paraguai”

  1. Paranóia, e histeria de ONGs e ativistas antitabaco, que encheram o saco, para aumentar o imposto. Cobrem deles, agora, todo esse contrabando, e crime organizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas