Corpos de PMs mortos durante abordagem são enterrados

Crime aconteceu na madrugada de sábado, na Capital.

Foram enterrados neste domingo (9), dia dos Pais, os corpos de três policiais militares mortos durante a uma abordagem na madrugada de sábado (8), na zona oeste de São Paulo.

(Divulgação)

O soldado Celso Ferreira de Menezes Júnior, 33 anos, foi enterrado no cemitério do Morumbi. Ele estava na corporação havia mais de 10 anos.

Notíciasrelacionadas

O corpo do soldado Victor Rodrigues Pinto da Silva, 29 anos, foi sepultado no cemitério Memorial Parque da Paz, em Embu das Artes, na grande São Paulo. O soldado estava na polícia havia 6 anos e 9 meses.

Já o corpo do sargento José Valdir De Oliveira Júnior, 37 anos, foi enterrado em Presidente Venceslau, no interior do Estado. O Sargento estava na Polícia Militar havia 14 anos e 5 meses. Ele deixa uma filha, além da esposa, Bianca, grávida de gêmeos.

Na tarde deste domingo, o comandante geral da PM divulgou uma nota sobre a morte dos três PMs pelas redes sociais. O texto pode ser lido abaixo.

“O Dia dos Pais ficará marcado tristemente na memória de três famílias paulistas. Três bons homens, três heróis, três policiais, que cumpriram seus juramentos de sacrificar a própria vida em defesa das pessoas e de toda sociedade e pelo propósito de ajudar a construir um mundo melhor e mais justo.Essas mortes provocam uma tristeza sem tamanho no coração de cada policial militar. Uma tragédia sem precedentes!O Sargento José Valdir de Oliveira Junior, de 37 anos, estava há 14 anos na Polícia Militar. Deixou uma filha adolescente, a Gabrielly, bem como a esposa Bianca, que soube recentemente estar grávida de gêmeos.O Soldado Victor Rodrigues Pinto da Silva tinha 29 anos de idade e estava na Polícia Militar há quase 7 anos. Sua esposa, Ana Carolina, também estava grávida do primeiro filho do casal.O Soldado Celso Ferreira Menezes Junior tinha 33 anos e estava na Instituição há mais de 10 anos. Filho de um policial civil, deixa mais uma família enlutada.Neste momento de profunda dor, asseguro que nossos heróis jamais serão esquecidos. Infelizmente, três crianças não conhecerão seus verdadeiros heróis que perderam justamente à véspera de uma data tão emblemática, mas saberão que as histórias e exemplos deles serão respeitados e honrados por todos nós Soldados da Força Publica. – Coronel PM Fernando Alencar Medeiros – Comandante Geral

Veja aqui detalhes do crime.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo