Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

DNA mostra que corpo encontrado em parque é de Lucas

Família diz que Lucas foi abordado por policiais antes de desaparecer.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por Paloma Vasconcelos e Paulo Eduardo Dias

Segundo advogada da família, exame de DNA confirmou que corpo achado em Parque de Santo André (SP) é do jovem, sumido há 16 dias

Lucas despareceu na madrugada da quarta-feira (13/11)
(Paulo Eduardo Dias/Ponte Jornalismo)


Exame de DNA confirmou que o corpo encontrado no Parque Natural Municipal Pedroso, em Santo André, na Grande São Paulo, é de Lucas Eduardo Martins dos Santos, 14. O jovem estava desaparecido desde o dia 13 de novembro e o corpo foi encontrado dois dias depois. A informação foi confirmada à Ponte por Maria Zaidan, advogada da família.

O exame para comprovar que o corpo era do menino levou 13 dias para ficar pronto, mas a confirmação chegou nesta quinta-feira (28/11). No dia em que o corpo foi encontrado, parte da família de Lucas o reconhecia, enquanto outra parte, não. A dúvida foi desfeita com o DNA. A cúpula da PM afastou dois PMs do trabalho nas ruas, sem redução de salário, por suspeita de envolvimento no caso.

A princípio, o delegado Fabio Goulart informou que a altura do corpo encontrado no lago do parque tinha entre 1,80 e abaixo de 1,90 e familiares contaram que Lucas tem 1,75. Segundo apuração da Ponte, o IML (Instituto Médico Legal) de Santo André já tinha confirmado no dia 27 de novembro que a altura correta como sendo de 1,75. O menino não tem RG, o que impossibilitou, por exemplo, que as digitais fossem confrontadas.

Lucas sumiu nas primeiras horas da madrugada do dia 13 de novembro na Favela do Amor, na Vila Luzita, um bairro pobre de Santo André. A mãe, Maria Marques Martins dos Santos, 38 anos, afirma que viu uma viatura deixando o local depois de ouvir Lucas falando “eu moro aqui”. A comunidade realizou pelo menos quatro atos exigindo respostas para o sumiço do menino.

No dia 19 de novembro, Maria foi presa ao chegar para prestar depoimento no SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa) de Santo André. A intenção era ajudar a descobrir o paradeiro do garoto, mas a Polícia Civil do Estado de São Paulo a prendeu logo em seguida. O motivo da prisão foi um crime de tráfico ocorrido em 2012.

*Esta reportagem foi publicada originalmente neste link: https://ponte.org/lucas-14-esta-morto-ele-sumiu-apos-abordagem-da-pm-diz-familia/

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest