Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Operação Busca Assaltantes de Empresas de Valores

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil realizou, ao longo desta quinta-feira (28), a operação “Homem de Ferro”, para cumprimento de 24 mandados de prisão e 147 de busca e apreensão em São Paulo e, simultaneamente, nos Estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, Piauí e Minas Gerais.

Após nove meses de investigação, por meio da Delegacia Seccional de Araçatuba, a ação foi realizada para cumprir as ordens judiciais e prender criminosos especializados em roubo as empresas de valores. Foram cumpridos 16 mandados de prisões temporárias e todos os de busca e apreensão. Outras seis pessoas foram presas em flagrante.

O início das apurações ocorreu após o roubo a um prédio de uma transportadora em Araçatuba, no final do ano passado, no qual uma quadrilha estava na posse de arsenal de guerra e explodiu o edifício, levando R$ 10 milhões. Na ocasião, um policial civil foi morto.

A polícia identificou a maneira como os criminosos realizaram o roubo e solicitaram à Justiça a expedição de mandados de prisão e de busca domiciliar. Ao longo da ação, foram apreendidos mais de oito quilos de crack, cocaína e maconha e seis tubos de lança-perfume.

Além dos entorpecentes, foram recolhidos quatro revolveres, uma pistola, uma espingarda e 60 munições calibre 44. Também foram apreendidos R$ 45,9 mil, grande quantidade de produtos receptados de cargas roubadas e oito veículos utilizados por organizações criminosas.

Um dos automóveis possui um fundo falso usado para o transporte de armas. Todos eles serão periciados para constatar outras possíveis irregularidades. A operação contou com o empenho de 600 agentes e 150 viaturas, além do helicóptero pelicano da Polícia Civil.

texto atualizado em 29/06, às 9:15

(SSP)

A Polícia Civil cumpre 24 mandados de prisão e 147 de busca e apreensão, na manhã desta quinta-feira (28), em uma operação para prender uma quadrilha envolvida no ataque à seguradora Protege, em outubro de 2017, em Araçatuba, no interior de São Paulo. A operação foi batizada de "Homem de Ferro" em homenagem ao policial civil, André Luiz Ferro, que morreu durante o ataque à seguradora, em 16 de outubro de 2017. Os mandados de prisão, busca e apreensão acontecem na capital, Grande São Paulo, interior e em outros quatro estados: Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás e Piauí). A Polícia Civil também cumpre ações em presídios paulistas. Na operação participam 600 policiais civis, 150 viaturas e o helicóptero Pelicano, da Polícia Civil. As prisões ocorrerão todas nesta manhã e posteriormente serão todos encaminhados à Delegacia Sede de Araçatuba, de onde surgiram as investigações. Os presos da Capital e Grande São Paulo serão encaminhados à sede do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

Posted by SP AGORA – O portal de notícias de São Paulo on Thursday, June 28, 2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest