Operação no Complexo do Alemão deixa pelo menos cinco mortos no Rio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Três suspeitos foram presos durante a operação(Divulgação)

Pelo menos cinco pessoas morreram durante operação da Polícia Militar (PM) no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. O número de feridos ainda não foi atualizado, mas até o último informe da assessoria da PM, oitos homens foram baleados. A ação ocorre desde a madrugada desta terça-feira (6) nas comunidades do Parque União e Nova Holanda.

Segundo o major do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) Ivan Blaz, a ação da polícia tem caráter emergencial para conter um encontro na comunidade Nova Holanda entre marginais de diversos pontos do estado.

O major informou que um dos suspeitos mortos no confronto era de Campos de Goytacazes, município do interior do Rio de Janeiro, que fica a cerca de 280 km de distância do Complexo do Alemão.

Segundo a assessoria da PM, os oito feridos foram levados para hospitais das proximidades da Comunidade da Maré. Entretanto, não há informação sobre o estado de saúde deles.

Três suspeitos foram presos durante a operação. De acordo a polícia, um deles foi baleado e levado ao Hospital de Bonsucesso. Os agentes apreenderam 300kg de drogas em tabletes, um fuzil, uma pistola, dois canos de fuzil, uma granada, uma luneta e um colete antibalístico. Uma motocicleta também foi recuperada.

De acordo com a PM, o objetivo da ação era prender criminosos envolvidos na disputa do tráfico de drogas e restabelecer a rotina dos moradores. Agentes do Comando de Operações Especiais, Batalhão de Operações Policiais Especiais, Batalhão de Polícia de Choque e Batalhão de Ações com Cães participam da operação.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas