Passageiros que tentavam embarcar com cocaína são presos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Arquivo/Agência Brasil)

A Polícia Federal prendeu três pessoas no Aeroporto Internacional de Guarulhos tentando embarcar com cocaína para a Turquia e Portugal. A primeira prisão aconteceu na tarde de ontem (30), depois de policiais federais identificarem material suspeito nas estruturas de três malas despachadas por passageiros que desembarcariam na cidade portuguesa de Faro.

“Os procedimentos de embarque já haviam iniciado e os proprietários das malas, um casal de brasileiros, de 29 e 24 anos, foram localizados no interior da aeronave, sentados juntos. Eles foram retirados da aeronave e conduzidos à delegacia. Os exames periciais preliminares identificaram a substância, que estava oculta em fundos falsos nas malas do casal, como cocaína, cujo volume somou mais de sete quilos”, diz a nota da PF.

Na madrugada de hoje (31), uma mulher paraguaia foi detida enquanto fazia o controle migratório para embarcar para Istambul, na Turquia. Os servidores que operam o aparelho de raio-x visualizaram blocos contendo material orgânico no interior de sua mala de mão.

“Submetida à análise, por meio do espectrômetro de massa, ficou contatada a contaminação da bagagem pela droga cocaína. Os policiais federais foram acionados e, na presença de testemunhas, realizaram revista na mala da suspeita e encontraram, envoltos em cobertores, 10 tijolos compostos por cocaína. Após os exames periciais, ficou constatado um volume de dez quilos da droga”, informou a PF.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas