PM é agredido a pauladas e morto após briga de trânsito na Grande SP

Suspeito usou arma do policial para tirar contra PM
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Um cabo da Polícia Militar foi espancado e morto com um tiro, disparado da própria arma, durante uma briga de trânsito em Diadema, na Grande São Paulo. O crime aconteceu na noite de ontem (22), no  Bairro Serraria. 

Segundo informações da PM, de folga e à paisana, o cabo Orbes Lopes de Melo Júnior tinha acabado de sair de uma festa, acompanhado da mulher, quando teria se envolvido em uma discussão no trânsito. Após o bate-boca, o militar foi seguido pelos suspeitos, dois deles ocupando um carro e o terceiro uma moto.

Quando já estava próximo de casa, o policial teve o carro fechado pelo veículo ocupado pelos desconhecidos. No local, aconteceu nova briga, e o PM acabou sendo agredido a pauladas. Em meio às agressões, o militar se desequilibrou e caiu no chão.

A pistola que ele levava na cintura também caiu na via, e um dos agressores a pegou e efetuou pelo menos um disparo, atingindo o policial no tórax. Em seguida, os bandidos abandonaram o carro em que chegaram e fugiram a pé, levando a arma do militar.

O policial foi socorrido por uma equipe do SAMU e encaminhado ao Hospital Estadual de Diadema, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. O cabo Orbes trabalhava no 24º Batalhão, em Diadema, e foi homenageado pelos colegas. No carro dos criminosos, foi encontrado o telefone celular de um deles.

O crime foi registrado no Terceiro Distrito Policial de Diadema.

*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas