Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Polícia identifica um dos suspeitos de matar médico em SP

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O médico gastroenterologista Roberto Kunimassa Kikawa(Foto: Renato Stockler/CIES Global/Divulgação)

A Polícia Civil identificou nesta quarta-feira (14) um dos dois criminosos que participaram do assassinato do médico Roberto Kikawa, de 48 anos, durante tentativa de assalto no último sábado (10) em São Paulo, e pediu a prisão temporária dele à Justiça. Até a publicação desta reportagem, porém, ainda não havia decisão judicial a respeito da solicitação.

A investigação ainda divulgou a foto de Luciano Silva Moreira, de 18 anos, conhecido como Nene, e o apontou como o homem que aparece em vídeo de câmera de segurança atirando duas vezes em Roberto. “Foi Luciano Silva Moreira quem atirou no médico”, disse o delegado Wilson Zampieri, titular do 17º Distrito Policial (DP), no Ipiranga, Zona Sul.

O paradeiro de Luciano é desconhecido. Apesar disso, o reconhecimento dele foi feito pelos próprios familiares do rapaz, segundo o delegado. “Eles viram as imagens do vídeo e confirmaram para a investigação que o jovem que atira é mesmo Luciano”, falou Wilson.

Segundo o delegado, as testemunhas que presenciaram o crime, uma secretária do médico e a filha dela, ainda não fizeram o reconhecimento de Luciano e do comparsa dele, que ainda não foi identificado oficialmente, mas seria um adolescente.

“Temos um apelido desse comparsa e sabemos que é menor de idade, mas não podemos divulgar porque pode atrapalhar as investigações”, afirmou Wilson. Quem tiver informações sobre os suspeitos do crime pode ligar para o número 181 do Disque-Denúncia. Não é preciso se identificar.

Ainda nesta quarta, o delegado que investiga o caso informou à reportagem que dois detidos que tinham sido detidos por suspeita de participação no assassinato do médico não foram reconhecidos pelas testemunhas do crime.

A secretária e a filha disseram que um adolescente de 15 anos, apreendido na terça-feira (13) em Minas Gerais por suspeita de roubar carros de luxo em São Paulo, e um homem, preso na manhã desta quarta na capital paulista, não participaram da morte do médico.

Além de buscas por eventuais suspeitos pela morte do médico, a Polícia de São Paulo também analisa câmeras de segurança que gravaram o crime contra Roberto.

Nelas é possível ver dois sujeitos se aproximando do carro dele, um Jeep Compass branco, avaliado em mais de R$ 100 mil. O veículo estava estacionado na Rua do Manifesto.

Dentro do automóvel estavam Roberto, sua secretária e a filha dela. Nas imagens é possível ver os criminosos armados abrindo a porta do Jeep. Em seguida dizem algo e um deles atira duas vezes no médico.

Depois os bandidos fogem sem levar nada. Segundo as vítimas que sobreviveram, a dupla atirou em Roberto por desconfiar que ele pudesse ser policial. Além disso, a secretária contou à investigação que, durante a tentativa de roubo, o médico não conseguiu destravar o cinto de segurança para descer do carro, o que irritou os bandidos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest