Polícia recupera carga roubada de eletrodomésticos e prende três suspeitos

Crime aconteceu em Guarulhos, na Grande São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Policiais militares prenderam três homens e recuperaram um carregamento de eletrodomésticos roubado de um Centro Logístico de Distribuição em Guarulhos, na Grande São Paulo. O roubo ocorreu no início da manhã desta terça-feira (23), no Jardim Cumbica.

Os criminosos chegaram ao local em um caminhão baú (Iveco, branco, com placa adulterada), renderam três funcionários e anunciaram o assalto. Em seguida, eles carregaram o veículo com aparelhos de TV, micro-ondas, fogões, máquinas de lavar roupas e até geladeiras, fugindo em seguida, sem ferir ninguém.Acionados, Pms fizeram buscas, mas ninguém foi preso.

Já no início da noite, em patrulhamento, uma equipe da Força Tática avistou, em uma via do Jardim Presidente Dutra (Rua General Silva, próximo à Avenida Carmela Dutra), no mesmo município, um jovem que deixava um lava-rápido carregando uma caixa e que, ao avistar a viatura, correu para o interior do imóvel. Desconfiados, os Pms entraram no prédio, onde encontraram os eletrodomésticos roubados pela manhã.

O suspeito e outros quatro homens foram detidos, um deles menor de idade. Todos foram encaminhados ao Sétimo Distrito Policial de Guarulhos, mas apenas três deles, envolvidos diretamente na ação, foram autuados em flagrante por associação criminosa e receptação, uma vez que não foram reconhecidos pelas vítimas.

O adolescente e um rapaz, ambos funcionários do lava-rápido, compareceram apenas como testemunhas e foram liberados após prestar depoimento.

Por Paulo Edson Fiore, da Jovem Pan

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas