Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

PRF prende traficantes e apreende 650 quilos cloridrato de cocaína

Em duas operações, policiais rodoviários federais apreenderam 653 quilos de cloridrato de cocaína na rodovia Presidente Dutra.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Várias coincidências levam a Polícia a acreditar que haja uma conexão entre os dois carregamentos de drogas. Isso porque estavam sendo transportados em veículos semelhantes, que saíram da mesma cidade da Grande São Paulo e seguiam para o Rio de Janeiro.

A primeira apreensão ocorreu pela manhã na praça de pedágio localizada no quilômetro 204 da pista sentido Interior, no município de Arujá, ainda na região metropolitana.

Durante fiscalização, um GM Spin prata, com placas da Capital, foi parado, e o motorista, de 24 anos, demonstrou nervosismo. Como as informações prestadas pelo condutor eram desconexas, os agentes decidiram vistoriar o carro.

Foi quando encontraram, no porta-malas e sobre os bancos, 296 tabletes de cloridrato de cocaína, que, pesados posteriormente, totalizaram 323 quilos da droga.

Questionado, o suspeito informou que pegou o veículo em um posto de combustíveis na cidade de Diadema e receberia 15 mil reais para entregá-lo no Rio de Janeiro.

O carro e as drogas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Arujá.

O segundo motorista foi preso no final da tarde no quilômetro 18 da Dutra, no município de Lavrinhas, já no Interior do Estado. A droga também seguia de Diadema para o Rio de Janeiro e também estava em um GM Spin, assim como a ocorrência da manhã. O condutor, um homem de 28 anos, foi encaminhada à Polícia Federal do município de Cruzeiro.

As duas ocorrências totalizaram 653 quilos de cloridrato de cocaína, gerando um prejuízo total estimado em 97 milhões de reais ao crime organizado.

O cloridrato de cocaína é o primeiro produto obtido a partir do refino da pasta base de cocaína e é impróprio para o consumo devido ao seu alto teor corrosivo. Uma vez recebida pelos traficantes, a droga seria misturada a outros produtos para só então ser revendida aos usuários finais.

*Com informações do repórter Paulo Édson Fiore, da rádio Jovem Pan.
Veja esta e outras notícias no canal do Youtube do repórter Paulo Édson Fiore, da rádio Jovem Pan.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias