Religiosos e agentes feitos reféns são libertados por presos

Quatro religiosos e dois agentes que eram feitos reféns foram libertados no começo da noite.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Reprodução)

Quatro religiosos e dois agentes penitenciários foram libertados por presos rebelados no Centro de Detenção Provisória de Taubaté, no interior de São Paulo. O desfecho aconteceu, segundo a Folha de São Paulo, no começo da noite, depois de quase trinta horas de motim.

Os presos se rebelaram durante a tarde de quarta-feira (8). Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo, durante a manhã de hoje, dois religiosos foram liberados.

Ao todo, segundo o Estado, 11 membros de entidades ligadas a igrejas foram tomados reféns. Todos evangélicos.

A unidade prisional Doutor Félix Nobre de Campos tem capacidade para 844 detentos, mas abriga atualmente 1.512 pessoas.

*com informações da Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas