Tio e sobrinho são mortos após furto de carne em supermercado de Salvador

Bruno Barros, e o sobrinho dele, Yan Barros, foram encontrados mortos com sinais de tortura na noite de segunda-feira (26), na localidade conhecida como Polêmica, em Salvador.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Tio e sobrinho são mortos após furto de carne em supermercado de Salvador
Tio e sobrinho foram mortos após terem furtado carne em supermercado (Foto: Arquivo pessoal)

Um tio e um sobrinho que furtaram pacotes de carne em um supermercado, em Salvador (BA), foram encontrados mortos com marcas de tiro e sinais de tortura na segunda-feira (26), horas após o furto. As informações são da Folha.

Bruno Barros da Silva, de 29 anos, e Yan Barros da Silva, de 19, foram flagrados furtando pacotes de carne na segunda, no supermercado Atakadão Atakarejo, no bairro Amaralina. Horas depois, seus corpos foram encontrados no porta-malas de um carro com tiros e sinais de tortura, no bairro da Brotas.

Segundo a reportagem, o supermercado não registrou boletim de ocorrência do furto, de acordo com a Polícia Civil. Para a família das vítimas, os dois foram entregues pelos seguranças do supermercado a traficantes do bairro de Amaralina, que teriam matado Bruno e Ian.

O supermercado Atakadão Atakarejo disse em nota que “tratam-se de fatos que envolvem segurança pública e que certamente serão investigados e conduzidos pela autoridade pública competente”, e que a empresa “está à disposição e colaborando com todas asa informações necessárias para a investigação”.

O caso é acompanhado pela comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa da Bahia.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas