Categorias Polícia

Vídeo flagra agressões durante abordagem policial

Publicado por

Três pessoas foram agredidas na ação policial em Barueri, na Grande SP; vítimas foram registradas como autores de crime

Policiais militares agrediram três homens negros na noite desta sexta-feira (12/6) na avenida Henrique Gonçalves Batista, no Jardim Belval, em Barueri, Grande SP. Um dos homens já estava rendido e outros dois eram moradores da região que tentavam impedir as agressões.

Dois vídeos, obtidos pela reportagem, mostram toda a ação policial. No primeiro, é possível ver um policial militar conversando com a vítima, de 29 anos, rendida, com os braços para trás. O policial tenta pegar o braço do jovem, que retira o braço da sua direção. O policial, então, saí andando. 

Pouco depois, em um segundo vídeo, o homem está sentado na calçada, mexendo no celular. Uma viatura da PM para na sua frente. Assim que a viatura para, o homem levanta, com as mãos na cabeça. 

Apesar disso, os policiais militares o agridem. Moradores da região começam a questionar a ação da PM. Dois outros homens, um servente de pedreiro e outro vendedor, são agredidos. Cerca de seis PMs participam da ação.

Mas a versão foi registrada na Delegacia de Polícia de Barueri como desacato, lesão corporal e resistência. Só dois PMs são citados no relato: Alisson Fogaça Vieira Gomes e Ricardo Ribeiro Ramos. A vítima aparece como autor das ações. Os dois homens que tentam ajudar, e também são agredidos, aparecem como vítimas e autores.

Segundo a versão policial, assinada pelo delegado Celso Luiz de França, os PM foram chamados para apurar uma denúncia de “compra e venda de entorpecentes” em um local “já conhecido como ponto de tráfico de drogas”.

Ao ver a PM, a vítima teria assoviado e, com isso, outras pessoas que ali estavam saíram correndo. Segundo os PMs, a vítima se recusou a ser revistada e desacatou os policiais, que decidiram chamar reforços. Os policiais ainda afirmaram que, mesmo com o reforço, o homem resistiu e “tiveram que usar de força necessária para conduzi-lo”.

Postagem relacionada ao conteúdo

Procurado, o ouvidor das polícias de São Paulo, Elizeu Soares Lopes, não se pronunciou. Por meio de sua assessoria de imprensa, sugeriu que a reportagem usasse uma nota que o ouvidor já tinha enviado a respeito de outro caso de violência policial, ocorrido neste sábado (13/6) na zona norte paulistana. 

Nota enviada à reportagem pela Ouvidoria das Polícias de SP

Segundo a assessoria do ouvidor, a mesma nota valeria para os dois casos. A mensagem foi acompanhada de um emoji olhando para cima. 

O mesmo aconteceu com o posicionamento do governador João Doria (PSDB). Pelo Twitter, Doria se manifestou pelos dois casos: “absolutamente condenável as atitudes dos policiais militares que abusaram da força, em duas ações policiais, uma na capital e outra em Barueri”. 

Assim como a SSP, que informou que “os excessos registrados nas ações policiais na capital e em Barueri são lamentáveis e não condizem com as práticas da Polícia Militar, que diariamente atende a mais de 80 mil chamados para proteger e salvar vidas”. 

A pasta afirmou que os policias envolvidos nas ocorrências foram imediatamente afastados de suas funções e respondem a inquéritos militares. 

“A Corregedoria acompanha de perto as investigações e o Ministério Público será notificado. A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo não tolera desvios de conduta e apura com rigor todas as denúncias”, finalizou.

Por Caê Vasconcelos – Repórter da Ponte

Esta postagem foi modificada pela última vez em 14 de junho de 2020 09:47

Deixe um comentário
Compartilhar
Publicado por

Postagens recentes

Pessoas com 49 anos começam a ser vacinadas nesta quarta-feira

Drive-thru, megapostos e farmácias parceiras vacinam quem tem 49 anos Leia mais

22 de junho de 2021

Anvisa nega autorização de uso emergencial do Avifavir para covid-19

Segundo decisão unânime, remédio não atendeu às expectativa da agência Leia mais

22 de junho de 2021

Primeiro lote de vacina Janssen chega ao Brasil

Vacina da Janssen exige apenas uma dose Leia mais

22 de junho de 2021

Esse website utiliza cookies.