Capital

Prefeitura de São Paulo instala grades na Cracolândia para criar ‘corredor da saúde’

Ação visa facilitar o acesso de equipes de saúde e segurança à região e melhorar a fluidez do trânsito.

A Prefeitura de São Paulo e o governo do estado instalaram grades na Rua dos Protestantes, na Cracolândia(Nivaldo Lima/SP Agora)

A Prefeitura de São Paulo, em conjunto com o governo do estado, instalou grades de ferro na Rua dos Protestantes, na região da Cracolândia, no centro da capital paulista. A medida, implementada na terça-feira (18), visa criar um “corredor da saúde” para facilitar o acesso de equipes de saúde e segurança à área, além de melhorar a fluidez do trânsito de veículos.

Divisão do espaço e objetivos da iniciativa:

  • Grades dividem a rua: Cerca de um terço da Rua dos Protestantes foi destinado ao uso exclusivo dos usuários de drogas, enquanto os dois terços restantes foram liberados para o trânsito de veículos.
  • Acesso facilitado para equipes de saúde e segurança: O objetivo principal da iniciativa é facilitar o acesso de ambulâncias, viaturas da polícia e equipes de abordagem social à região, permitindo um atendimento mais rápido e eficaz aos usuários da Cracolândia.
  • Melhoria da fluidez do trânsito: A prefeitura espera que a medida também contribua para a melhora da fluidez do trânsito na região, reduzindo congestionamentos e facilitando a locomoção dos pedestres.

Contexto da ação e medidas anteriores:

  • Ação conjunta entre governo estadual e municipal: A instalação das grades é mais uma das medidas tomadas em conjunto pelo governo do estado, sob o comando do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), e pela prefeitura municipal, liderada pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB), para lidar com a situação da Cracolândia nos últimos meses.
  • Outras medidas: Entre as outras medidas implementadas estão a remoção de usuários de drogas de áreas públicas como a Praça Princesa Isabel e a intensificação das ações de abordagem social e oferta de serviços de saúde e reinserção social aos usuários.
  • Violações de direitos: No entanto, a atuação das equipes na Cracolândia tem sido alvo de críticas por parte da Defensoria Pública de São Paulo, que documentou diversas violações de direitos, como abordagens truculentas, apreensão de pertences e falta de acesso à água e banheiro.

Monitoramento e possíveis mudanças:

Siga nosso canal no Whatsapp
  • Ação monitorada: A prefeitura e o governo estadual informaram que a medida será monitorada de perto e que poderá ser revogada caso os resultados não sejam satisfatórios.
  • Diálogo com a comunidade: As autoridades também afirmaram que estão abertas ao diálogo com a comunidade para buscar soluções para a Cracolândia que respeitem os direitos humanos dos usuários.

0 0 votes
Avaliar artigo
Se inscrever
Notificar de
Os comentários são de responsabilidades de seus autores e não representa a opinião deste site.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
0
Está gostando do conteúdo? Comente!x
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios