Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

19% mais caro, feijão deixa de fazer parte do cardápio dos paulistanos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Já ouviu aquele ditado, “O jeito é colocar mais água no feijão”? Pois é, esse ditado está sendo usado literalmente por muitos paulistanos que ao irem ao supermercado estão encontrando o item em valor mais caro que o normal – 19% a mais em comparação a valores do mesmo período do ano anterior.

O SP Agora pesquisou preços de feijão em três supermercados de grande movimento em São Paulo e encontrou consumidores que apenas consultavam o valor do item, mas coloca-ló no carrinho de compras e levar um pacote de 1 kilo para casa era uma escolha difícil e para poucos.

De seis marcas consultadas nos estabelecimentos, a média de preço era de R$ 9 à R$ 12.

Essa não é a primeira vez que o valor do item mais consumido pelos Brasileiros aparece com alto valor nos supermercados.  Em 2016 o valor do grão teve aumento de 54% do valor comum em todo o pais.  Mas o alto valor tem uma justificativa.

O principal motivo é o clima, que prejudicou a produção. Com menos feijão no mercado, o preço acabou subindo. A diminuição da área de plantio e o encarecimento da saca devido à estiagem nas regiões Sul e Sudeste, que são as maiores produtoras, são os motivos apontados para a alta dos preços. Na semana passada, a saca chegou a custar R$ 400, valor mais alto registrado desde julho de 2016. Naquele ano, o produto subiu 39% e os preços passaram de R$ 10.

Pelo Índice de Custo de Vida do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), só na capital paulista, o aumento médio do produto foi de 28,71% no primeiro mês do ano e de 32,06% no acumulado em 12 meses.

De acordo com a Ibrafe – Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses, os aumentos devem continuar até o mês de abril, quando entra a segunda safra. A dica agora é optar pelo feijão-fradinho, já que o feijão-preto também deve ficar mais caro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest