Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Agosto teve mais que o dobro do esperado de chuva

Mês foi o quinto com mais chuva em São Paulo desde 1995.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Avenida Paulista, em São Paulo (Roberto Parizotti/Fotos Publicas)

O mês de agosto foi o quinto mais chuvoso na cidade de São Paulo de toda a série histórica. A medição é realizada desde 1995 pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE). No mês passado, foram registrados 60,6 milímetros (mm) de chuva, mais do que o dobro do esperado, em torno de 28,1 mm.

Foram dez dias com registro de precipitação, e o dia mais chuvoso foi 21 de agosto, com 16,0 mm.

Até então, o agosto mais chuvoso tinha sido o do ano 2000, quando foram registrados 73,8 mm de chuva. O menos chuvoso da série histórica ocorreu em 2012, quando choveu apenas 0,1 mm.

“Uma frente fria conseguiu romper o bloqueio atmosférico na metade no mês e chegou ao estado de São Paulo com força para mudar o tempo, o que provocou chuvas mais significativas e generalizadas. Mesmo assim, as precipitações ocorreram concentradas em poucos dias, já que a maior parte de agosto permaneceu com tempo seco. Como este é o período mais seco do ano, e a média histórica é muito baixa, o acumulado superou facilmente o esperado para o mês”, explicou Michael Pantera, meteorologista do CGE.

As zonas sul e oeste da cidade registraram um volume de precipitação ainda maior do que a média obtida pela cidade durante o mês de agosto. Na zona sul foram registrados 70,7 mm de chuvas e, na zona oeste, 62,2 mm.

Temperatura

Quanto às temperaturas no mês passado, a média mínima esperada era de 13,5º C, mas foi registrada a mínima de 12,6º C. A máxima média esperada era de 24,4°C e a registrada foi 23,5°C.

Segundo Pantera, as temperaturas permaneceram levemente acima da média histórica na maior parte do período, mas a chegada de uma intensa massa de ar polar provocou acentuado declínio delas na metade do mês. “Este sistema causou uma onda de frio intensa, que não se prolongou por muito dias. O resultado foi que a média mensal das temperaturas ficou um pouco abaixo do normal.”

A menor temperatura mínima do mês ocorreu nos dias 21 e 26 de agosto, quando a média na cidade foi de apenas 8,1ºC.

Setembro

Para este mês, são esperados 69,6mm de chuva, com média de temperatura mínima em 15,1°C e média de máxima em 25,6°C.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest