Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Após três meses parado, monotrilho volta a operar

Falha nos pneus fez serviço ser interrompido.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Governo do Estado de SP/Reprodução)

O Metrô de São Paulo retomou parcialmente as operações da Linha 15-Prata. Segundo a empresa, o monotrilho funcionará já a partir de hoje (2) em horário comercial – das 4h40 até 0h. Porém, o serviço sobre trilhos está ativo somente entre as estações Vila Prudente e Jardim Planalto (zona leste paulistana), totalizando 9 quilômetros com sete pontos de parada. O trecho final, até São Mateus segue interrompido.

O monotrilho é uma linha elevada de trens que liga a Vila Prudente, no limite entre as zonas sul e leste, ao extremo da zona leste da capital paulista, chegando até São Mateus. Ao todo, são dez estações, além da possibilidade de interligação com a Linha Verde do Metrô.

Acidente

No fim de fevereiro, as operações do monotrilho foram interrompidas após o rompimento de pneus que chegaram a lançar fragmentos na rua que fica sob a via elevada. Com o acidente, a fabricante canadense Bombardier recomendou o recolhimento da frota de 23 trens para inspeção. 

Segundo o Metrô, o problema foi causado por uma falha nos dispositivos run flat, sistema que permite que as composições continuem se movimentando mesmo com os pneus murchos ou furados.

O trecho que entrou em funcionamento foi liberado após a emissão de um laudo de segurança da Bombardier. “O Comitê de Segurança interno no Metrô acompanhou cada etapa realizada para que a operação pudesse ser retomada de modo seguro à população da Zona Leste de São Paulo”, enfatizou a empresa que opera o transporte sobre trilhos.

O Metrô disse, ainda, que cobra uma solução definitiva dos problemas pelas empresas contratadas para a construção da linha e fornecimento dos equipamentos. “O Metrô segue cobrando o consórcio CEML – das empresas Bombardier, Queiroz Galvão e OAS – para a liberação do trecho até São Mateus”, acrescenta a nota da companhia.

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas notícias

Podcast
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest