Arena Corinthians fica com nome sujo por dívida com a Caixa

CNPJ foi inscrito no Serasa como mau pagador.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por Bruno Bocchini

(Roberto/Fotos Públicas)

A Justiça Federal de São Paulo aceitou pedido da Caixa Econômica Federal e determinou a inclusão da Arena Itaquera, empresa vinculada ao Corinthians e dona do estádio, no cadastro de inadimplentes do Serasa. A decisão, do juiz 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, Victorio Giuzio Neto, é de 27 de agosto.

A Caixa cobra da Arena Itaquera uma dívida de R$ 536 milhões decorrente da falta de pagamento. O banco, em nota, diz que está disposto à conciliação.

Segundo a decisão da Justiça Federal, caso a Arena Itaquera faça depósito de 30% do valor cobrado, poderá requerer o pagamento do restante em até seis parcelas mensais, acrescidas de correção monetária e juros de 1% ao mês.

Em 2013, o banco emprestou R$ 500 milhões para a construção da Arena, dos quais R$ R$ 170 milhões, segundo o clube, foram pagos. Por conta de dívidas e correções, o valor da dívida da Arena com o banco cresceu.

“Não está no contrato avisar, mas falamos [à Caixa] que íamos ficar com problema de fluxo de caixa e nunca deixamos de assumir e pagar. Na nossa conta, devemos R$ 470 milhões”, disse o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas