Capital começa a vacinar grávidas sem comorbidades

Grávidas receberão CoronaVac e Pfizer

A Prefeitura de São Paulo começa a vacinar contra a Covid-19 grávidas sem comorbidades e acima de 18 anos nesta segunda-feira (7). Antes, somente as grávidas com doenças preexistentes, definidas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), recebiam a vacina.

A gestante deve ter indicação médica que aprove a sua imunização e deverá mostrá-la nas unidades de saúde. As mulheres serão imunizadas com doses da Pfizer e da CoronaVac, já que a vacina Astrazeneca não é recomendada para gestantes.

Mães com comorbidades e que amamentam bebês de até um ano também serão imunizadas contra o vírus. Elas devem apresentar a certidão de nascimento da criança junto ao atestado da sua comorbidade.

Saiba quais são as comorbidades:

-Insuficiência cardíaca

-Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

-Cardiopatia hipertensiva

-Síndrome coronariana

-Valvopatias

-Miocardiopatias e pericardiopatias

-Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

-Arritmias cardíacas

-Cardiopatias congênitas no adulto

-Próteses valvares e dispositivos cardíaco implantados

-Diabetes mellitus

-Pneumopatias crônicas graves

-Hipertensão arterial resistente

-Hipertensão artéria estágio 3

-Hipertensão artéria estágio 1 e 2 com lesão e órgão alvo

-Doença cerebrovascular

-Doença renal crônica

-Imunossuprimidos (inclui câncer)

-Anemia falciforme

-Obesidade mórbida

-Cirrose hepática

-Portadores do vírus HIV.

Por TV Cultura

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.