Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Chuva deixa São Paulo em estado de atenção

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Mulher caminha em rua alagada da região central de SP (Foto: Reprodução/TV Globo)

A chuva que caiu em São Paulo na tarde desta quarta-feira (28) deixou toda cidade em estado de atenção para alagamentos. Várias ruas da região central da cidade ficaram inundadas e com carros submersos.

O trânsito no fim da tarde chegou a ter 131 quilômetros de lentidão, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A média para o horário varia entre 47 e 77 quilômetros. Às 16h40, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registrava 12 pontos de alagamento intransitáveis, principalmente no Centro e na Zona Oeste.

Devido aos alagamentos, o Túnel do Anhagabaú precisou ser fechado. Ao menos 16 árvores caíram, segundo os bombeiros. Também houve a queda de uma estrutura metálica semelhante a uma marquise no Brás, na região Central, mas não houve feridos.

Na Rua do Glicério, uma fiação pegou fogo em um posto. A rede de energia foi desligada automaticamente pelo sistema, segundo a Eletropaulo, e equipes foram enviadas ao local.

De acordo com os bombeiros, entre as regiões mais afetadas estavam Glicério e Cambuci, ambos no Centro, Jardins, na Zona Oeste, e Vila Mariana e Morumbi, na Zona Sul.

O capitão Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros de São Paulo, informou que, por volta de 16h35, haviam sido registradas 16 ocorrências envolvendo enchentes, de casos como o de pessoas presas em carro ou ilhadas na rua. Não foram registrados, no entanto, casos de feridos ou desaparecidos.

O CGE informou que às 14h38 entraram em estado de atenção as zonas Oeste e Norte, além do Centro e das marginais Pinheiros e Tietê. Às 15h21, o estado de atenção chegou às Zonas Sul, Leste e Sudeste. No fim da tarde, o CGE colocou em alerta as prefeituras regionais do Butantã e do Campo Limpo após o córrego Pirajuçara transbordar em dois pontos.

Previsões

Segundo o CGE, no início da tarde chuvas formadas pela combinação do calor e a entrada da brisa marítima atuavam com forte intensidade, principalmente nos bairros da Barra Funda, Lapa e Vila Leopoldina, na Zona Oeste.

Na Zona Norte o mesmo quadro podia ser observado nos bairros de Tucuruvi e Vila Maria/Guilherme. Na Grande São Paulo, no início da tarde chovia forte em Cotia, Itapevi e Carapicuíba. A previsão é que essa instabilidade atinja outras áreas da capital paulista.

Na terça-feira, a chuva que atingiu a Grande São Paulo causou estragos. Houve alagamentos em ruas de Guarulhos, e trechos da rodovia Ayrton Senna ficaram intransitáveis. Moradores da capital, São Caetano do Sul e Osasco também calcularam o prejuízo deixado. Além dos alagamentos, as cidades sofreram com quedas de árvores.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

Outras - notícias