Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Ciclovias no Centro e na Lapa Vão Receber 550 Placas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), em parceria com a Bloomberg Philanthropies, inaugura nesta segunda-feira (18) a primeira fase do projeto de nova sinalização de ciclovias na região central de São Paulo. A medida faz parte do Programa de Orientação do Ciclista (POC), uma iniciativa da Prefeitura e da CET para incentivar a mobilidade ativa por meio da sinalização direcionada a quem utiliza a bicicleta para se deslocar pela cidade.

Nessa primeira etapa, foram instaladas 76 placas em 12,3 quilômetros de vias. Até o fim do ano, a SMT irá implantar aproximadamente 550 placas de orientação para ciclistas no Centro e na Lapa, fazendo a cobertura de 62,6 quilômetros. A exemplo do que foi feito na ciclovia da Av. Paulista, em setembro do ano passado, a sinalização indica pontos de referência da cidade, direção, distância em km e tempo médio de percurso de bicicleta.

“A proposta das placas é dar a noção de uma rede cicloviária na cidade. Depois do Centro e da Lapa, a ideia é expandir o projeto para outros bairros, mostrando que é possível ir de um lugar a outro de bicicleta em São Paulo, usando as ciclofaixas e ciclovias”, afirma o secretário de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

Haverá dois tipos de sinalização: as placas de fundo verde indicarão trajetos de curta distância, enquanto as de fundo branco mostrarão as de longa distância. Os dois tipos indicam a direção para pontos de referência da cidade (parques, praças, estações de trem e metrô, terminais de ônibus, etc). Além disso, as placas informam a existência de bicicletários nos locais indicados.

O POC integra a iniciativa Parceria para Cidades Saudáveis, uma rede mundial de cidades comprometidas com a proposta de salvar vidas por meio de ações de prevenção de doenças não transmissíveis (DNTs) e lesões. A ação conta ainda com a parceria da OMS (Organização Mundial de Saúde) e da Vital Strategies.

Com a proposta de incentivar a caminhada, o uso de bicicletas e a convivência em vias seguras, São Paulo é uma das 50 cidades do mundo a participar da iniciativa, que tem duração de 18 meses e oferece subsídio de R$ 300 mil. “O uso de bicicleta para deslocamentos diários tem impacto positivo na saúde do ciclista e efeito no meio ambiente e na saúde pública. A placa de orientação do ciclista é mais um elemento rumo à consolidação da rede de ciclovias na cidade de São Paulo”, diz o diretor interino da Vital Strategies no Brasil, Pedro de Paula.

(com informações da prefeitura de São Paulo)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest