Enel anuncia negociação para quem deve contas de luz

Descontos para contas de luz atrasadas podem chegar a 50%
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Clientes da distribuidora de energia Enel Distribuição São Paulo inadimplentes contam, a partir desta semana, com condições especiais para negociar suas dívidas. A medida faz parte da ação Quita Fácil, que tem como objetivo estimular a regularização das dívidas, facilitar essa negociação com descontos, redução de juros e opções de parcelamento.

As condições especiais de negociação estão disponíveis para todos os clientes da distribuidora, incluindo comércio, indústria, residências e propriedades rurais.

Os clientes com débitos vencidos há mais de 180 dias poderão ter desconto de 50% sobre a dívida original vencida há mais de 180 dias, com a possibilidade de ainda parcelar em seis vezes, com 1% de juros de financiamento, com entrada de 10% mais cinco parcelas.

Relógio medidor de eletricidade. Laterais pretas e interior, protegido por vidro, branco com os números do medidos.
(Gerd Altmann/Pixabay)

O desconto oferecido pela companhia, durante o período da campanha, não inclui os valores cobrados de juros, multa e atualização monetária. 

Para aqueles clientes com débitos vencidos há menos de 180 dias, a Enel também facilitará a negociação com parcelamento em até 12 vezes sem juros, com uma entrada de 10% mais 11 parcelas.

A campanha vai até o dia 31 de dezembro e os clientes podem realizar a negociação pelo Portal de Negociação, pelo aplicativo Enel São Paulo ou pelo Call Center 0800 72 72 120.

Para aqueles que preferirem realizar a negociação pessoalmente, basta ir até uma das lojas de atendimento da Enel. As lojas dos bairros de Santo Amaro, São Miguel e Tatuapé, estarão abertas nos dias 27 de novembro, 4, 11 e 18 de dezembro.

Por Agência Brasil

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *