Faltam doses em 46 postos de vacinação

Levantamento indica que zona sul é a que mais sofre com falta de vacinas, em 38 postos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A capital paulista registrava, por volta das 14h30 de hoje (13), 46 postos sem vacina contra a covid-19. O dado consta no site De Olho na Fila da prefeitura de São Paulo. (https://deolhonafila.prefeitura.sp.gov.br/) A plataforma mostra as condições das filas em cada uma das mais de 500 unidades para imunização na cidade.

Entre os 20 endereços de megapostos, três estão sem vacina. Entre os 30 postos volantes, os que estão em funcionamento têm imunizantes. Nas unidades Básicas de Saúde (UBSs) do centro da capital, todas têm doses disponíveis, o mesmo ocorre nos endereços da zona oeste e norte paulistana.

Na zona leste, cinco postos estão sem vacina. A situação é mais grave na zona sul, que tem 38 postos com falta de doses.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, por meio de nota, que há remanejamento e abastecimento de doses diariamente entre as unidades que fazem a vacinação. Segundo o órgão, isso é feito de modo a “garantir a vacinação nos territórios e resolver eventuais desabastecimentos pontuais causados pela alta demanda em alguma região”.

Cronograma

Estão sendo vacinadas até amanhã (14) pessoas com 37 anos. A previsão é que na quinta-feira (15) sejam aplicadas as doses em quem tem 36 anos e, na sexta-feira (16), para as pessoas com 35 anos. 

No sábado (17), os postos funcionarão para a repescagem das pessoas com idade entre 35 e 37 anos e para a segunda dose de todos grupos.

A prefeitura informou que recebeu, na manhã de hoje (13), mais 330 mil doses para a segunda aplicação e 224 mil para a primeira dose. 

Por Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas